terça-feira, março 07, 2006

A DIREITA


A direita, ou o que se faz passar por ela, está a transformar-se num clube cada vez mais restrito. Não se identifica com nenhum partido – porque todos os partidos, do CDS ao Bloco de Esquerda, têm uma atracção fatal pelo Estado. Não é dada ao exercício da cidadania, como Manuel Alegre que, apesar de tudo, ainda acolheu no seu movimento “transversal” meia dúzia de “patriotas” extraviados. E parece não ter, em todo o universo político, um único representante à altura dos seus elevados princípios. Cavaco Silva? Não serve. Marques Mendes? Não conta. António Borges? Uma hipótese sumida para quem goste de Manuela Ferreira Leite e não leve a sério a política. Agora, como se pode ver aqui, nem Paulo Portas se adapta às exigências do grupo: "não pode ser ele a fazer renascer a direita porque a direita dele já morreu". A direita, portanto, vai renascer estando viva (o que não deixa de ser curioso), sem ter ninguém que possa falar em seu nome. Vai ser duro o "renascimento"!
Entretanto, e por vias das dúvidas, convém não dar por garantida a morte de Paulo Portas. Que me lembre, assim de repente, ele já "morreu" dezenas de vezes.
ccs

200 comentários:

Caiense disse...

Por cá não há direita nem esquerda, há apenas fantochada;
Por cá não há estado, há apenas corte...
Por cá é um autentico milagre ainda haver "cá".
Pronuncio-me de "catedra"...é que eu sou de cá.

Anónimo disse...

Ele é muito mais eficaz que Cristo, que só ressuscitou uma vez.

P.L. disse...

Portas é um político exímio. Independentemente da nossa opinião sobre ele, temos de admitir que é um dragão político. Não é por acaso que há tanta perseguição sobre ele. Eu, que não tenho propriamente uma opinião formada sobre ele, estou à vontade e de mãos lavadas para falar disso.

rb disse...

Vou ver se tenho pachorra para ver o "Estado da Arte" - que bonito - e depois comento este post. Mas desde já digo que se é PP que vai representar a direita, bem pode Sócrates dormir sossegado, mesmo com Cavaco.

paulof disse...

Paulo Portas, é outra marioneta - a quem os manobreiros e controleiros deste regime podre e corrupto - vão agora (re)colocar no palco e dirigir e focar os holofotes...

Anónimo disse...

Mas aquele grupinho que escreve sob a batuta de PPM representa "a Direita"? Sendo assim pode a Esquerda ficar bem descansada que além de infernizarem os blgues eles pouco mais fazem e ninguém lhes liga.

Sílvia disse...

Esperemos para ver o estado da arte circense na sic...

Anónimo disse...

A Direita quer é festas, Caras, facadinhas no matrimónio e, de vez em quando, um cigarrito daqueles que fazem rir.

maizum disse...

PP uma marioneta? de q planeta saiste paulof? podes pf nomear um ou dois manobreiros e/ou controleiros? estás a falar do Balsemão?

Anónimo disse...

A Sic foi quem nos começou a dar circo na televisão. Parece, Sílvia, que hoje a TVI é mais competente e a SIC, começa a esfalfar-se para não perder de vista as roulottes. Em desespero de causa, contratou o Portas. Vai ser um sucesso. Para não perder, quando dá?

-pirata-vermelho- disse...

Você manteria uma atitude 'de direita' viva à custa de insistentemente falar dela?

É evidente a dissolução do pensamento balizado desse modo anacrónico.

Anónimo disse...

Silvia

Gosto do seu blog.

Parabens.

-pirata-vermelho- disse...

par contre
relançar o pp com nova imagem não será um acto de reciclagem?

(apesar doélan e da 'juventude' do referido)

zazie disse...

bem se a direita é classificada pela bitola ornitorrinca vai ser preciso um Cook pós moderno para sair dali alguma coisa...

Anónimo disse...

A direita não é representada politicamente por nenhum partido porque o sistema partidario não representa coisa nenhuma.

O sistema partidario é uma forma de organizar, legalizar e pacificar o golpe de estado, a tomada do poder.

O mal das nossas sociedade desde o absolutismo está aí: no poder: no poder do estado, no poder que o estado tem.O poder do estado é praticamente absoluto. É esse poder que quer atraves de revoluções quer atraves de eleições os politicos procuram conquistar.

Francisco Múrias

Sílvia disse...

Na estreia do espectáculo está previsto a Circe do Portas transformar a Direita numa vara de porcos. Enfim, clássicos!

Anónimo disse...

Também vai haver ilusionismo? E o Portas vai vestido de preto? Agora é que não perco.

zazie disse...

não estava a falar de partidos. Referia-me ao blogue que a Constança evocou

Anónimo disse...

Boa noite,
Creio que o dr. P.Portas irá agora desenvolver e concluir o seu manual ou compêndio de teorias e doutrinas políticas que tinha ficado interrompido ao tempo em que ele e a Moderna... Já não me recordo bem da razão, mas houve ali um fio que foi cortado e que a Sic do dr. Balsemão, que envelheceu a olhos vistos e está desfigurado, agora promove. Qui ça pensando tb nas audiências que nc mais sobem, safa))). De facto, o dr. P. Portas é um político para muitas "guerras" - e sempre que há análise mete-se a política; sempre que há política interpõe-se o comentário - e sempre que isto anda junto é suposto que o canal que serve de veículo ao mensageiro da mensagem suba um bocadinho.

Será que sobe...


RPM
macroscopio

maizum disse...

bem, como a aposta é se Portas vai renascer hoje para liderar a direita eu aposto que sim! acabei de saber que o Chelsea empatou e lá perdi mais 5 Euros :(

Pyny disse...

Achei imensa graça aos comentários, a maioria ofensiva, como faz parte sempre que o assunto é política, principalmente, quando o assunto é a direita. Penso que a direita é representada pelo CDS mas que, agora, com o seu líder Ribeiro e Castro, de facto, esmoreceu. Considerar o Paulo Portas um fantoche não me parece, de todo, algo que corresponda à realidade. Na altura da sua saída mediática falou-se nisso mesmo que a Constança escrevia, sobre o seu regresso triunfial daí a uns tempos. Por enquanto, após a vitória de Cavaco Silva, o ex-candidato dito "nacional", não me parece que haja um ressurgimento. Quem sabe se não tal não acontecerá nas próximas legislativas?
Enfim, gosto imenso de ler o vosso blog e queria agradecer terem comentado um texto do Lixo Social.
pyny

Anónimo disse...

Olha a nova cabeleira loira do postiço!

Anónimo disse...

Há 30 anos que ele e os restantes "ressuscitam". Para bem do título de alternadeiras que, após tanto tempo, deixou de lhes assentar como uma luva.

Não existe solução à vista enquanto houver um nome ou nomes. A mudança não pode ser encaixada numa moldura. Isto, todo este descrédito e ridículo, só lá vai com uma sublevação a sério, até porque a auto-punição já não chega.

por cá:
500 mil no desemprego
1 milhão e tal no limiar da pobreza
cerca de 75% da populaça individada à banca,
dos quais 30% na iminência de verem o espólio confiscado...


por lá:
não há água nem comida
não há acesso a medicamentos
por desejarem o mesmo que os outros
sofrem sanções económicas e são bombardeados

esta sociedade ocidental encontra-se doente e cega
devido à auto-punição subconsciente, isto porque tem presente, algures na memória, os vários holocaustos cometidos ao longo dos anos

há este explícito oculto na memória
sobre o holocausto cometido pelos alemães
há esta imagem intermitente do lançamento das
duas bombas atómicas por parte dos EUA

"só" isto seria suficiente, sem recorrer às colonizações e
às cruzadas, para saber onde habita a barbárie e o fundamentalismo

mas, agora, falemos do holocausto da indiferença
para com os povos africanos e do médio-oriente
falemos desta indiferença, deste ignorar e desprezar,
que está a descaracterizar a natureza que reveste aquilo a que chamamos humanidade
mesmo por cá exercemos essa mesma altivez comportamental quando passamos por um qualquer sem-abrigo e o ignoramos

é esta sub-noção que nos faz perder o respeito por nós próprios e pelos outros, e que em muitos se faz sentir como um mal-estar que advém da impotência tanta vezes camuflada através do consumo supérfluo

é importante e urgente saber que só a auto-punição não chega como desculpa

não me venham dizer que isto não tem que ver com os PP

LFS

Capitão Tony Ventoinha disse...

A censura ainda existe em Portugal, a começar em alguns Blogs, veja-se:
http://ktaf.blogspot.com/2006/03/censura-ainda-existe.html

libertas disse...

Paulo Portas foi uma esperança para os liberais portugueses. No poder, Portas dedicou-se ao latrocínio fiscal, revelou-se mais um socialista.

Portas enganou quem nele votou. Aguardo pedido de desculpas pois sou daqueles que está disposto - e ansioso - por dar uma segunda oportunidade.

Anónimo disse...

.«osrsilvadopartido»

A «Sílvia» é animadora socio-cultural ou é mesmo só feitio ?

Guida do Pino disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Guida do Pino disse...

Paulo Portas é o meu herói!!!

!

Guida do Pino disse...

Paulo Portas é o meu herói!!!

Guida do Pino disse...

Paulo Portas é o meu herói!!!

Corsário Lilás disse...

Gostaste desta trisilvia, pirata vermelho?

Guida do Pino disse...

Pois eu amo o Paulo Portas!!!

Anónimo disse...

LFS,
Claro que tem que ver com os PP, mas também tem que ver connosco. E, coma "a auto-punição não chega como desculpa", nós temos urgentemente que mudar de atitude, e escolher caminhos menos cínicos. Porque ser-se ocidental é confortável, quando é, mas também é culpabilizante, porque temos culpas, e sabemos que as temos. E cada vez estamos mais longe do Mandarim. Carregava-se numa campaínha, e a morte de um chinês, nessa China longínqua, fazia a nossa fortuna. Hoje prime-se um botão, se a morte do vizinho do lado nos tornar ricos. E hoje a China já não é longínqua.

Guida do Pino disse...

Pois eu amo o Paulo Portas!!!

Guida do Pino disse...

Pois eu amo o Paulo Portas!!!

corsário lilás disse...

Esta tambem não foi má.

Sílvia disse...

Mas que é isto? Como é que isto é possível? Alguém me pode explicar porque é que estão a usar o meu nome e a minha imagem indevidamente?
Espero responsabilizar criminalmente os autores desta proeza.

corsário lilás-ex-pirata-vermelho disse...

gostaram da minha paneleirice a fazer-me passar pelas gajas?

sou o maior! corro com elas em segundos!

xô galinhas! xÔOO zazie, xÔO gsalinha Sílvia, xÔO mulherio! daqui para fora!

eu não amo apenas o Paulo Portas, amo todos os homens!

viva eu e todos os piratas da blogosfera!

corsário-lilás-ex-pirata-vermelho sem tracinho disse...

ainda não tinham topado que estas caixainhas foram tomadas pela paneleiragem da blogosfera?

gaja que apareça aqui é corrida em segundos. A Marilú saiu pelo seu pé, estas se não saem a bem hão-de sair a mal

Anónimo disse...

Maizum, como vê não há grandes hipóteses de fugir ao circo carnavalesco. Eu sei que estamos na Quaresma, mas o povo quer circo. Daqui a pouco aparece a côrte do clown.

sniper disse...

CCS, está equivocada. A verdadeira direita do século XXI, detesta o estado, e promove a cidadania. Ao contrário da esquerda, a evolução na direita foi tremenda. Evolua. Não olhe para os falsos ícones. Paulo Portas e outros que tais, são folclore.

Anónimo disse...

é pena o programa só aparecer de 15 em 15 dias e é pena não ser em directo. De resto, está muito bem ensiaado e representado. O Portas merece um óscar.Adorei vê-lo fingir que não queria falar sobre determinados assuntos e que só por insistência da "entrevistadora" acedia a dar uma opinião. Mas o que ficou que possa interessar à Direita? Só a ideia de ser necessária mais uma revisão constitucional.

Anónimo disse...

O putedo pirou-se... isto é baril. Chega aqui uma gaja e basta copiar o link da tipa e passarmo-nos por ela. Achincalha-se o bicho e o bicho vai para a cozinha


agora ficam só os snipers e maizuns e tudo o que cheira a homem só para mim

Anónimo disse...

Se reparares bem verás que não me descarto. Apenas faço referência final ao(s) PP para não me acusarem de fuga ao texto. Claro que as pessoas deverão ter feito ligação à entrega da base para a mediação que antecedeu a invasão ao Iraque. Que hipotecou a nação com submarinos a leasing (alegando que as forças precisavam de remodelação, mas esquecendo-se que as nossas forças - se comparadas com as da China, Rússia, Eua -, por mais que se renovem nunca o ficarão) entre outros disparates... Para depois, quase a chorar, abandonar, em jeito de auto-punição, a presidência do partido...

LFS

Anónimo disse...

Chegou a cõrte. Dentro de pouco tempo, começa a aula de ortografia e de sintaxe. E tudo isto é tolerado, em nome da vaca sagrada da liberdade de expressão.
Ainda não ocorreu a esta matilha, que o mundo ficaria mais limpo, se se suicidassem.

Scorpio disse...

PPortas ressurgiu? Renasceu?? Qual quê??? O homem abriu outra porta! Tem tantas e algumas tão escancaradas...

maizum disse...

sniper, explica-me lá como consegue essa direita promover a cidadania detestando o estado?

Anónimo disse...

Isto deve ser uma Liga de Divorciados que Pagam Pensão de Alimentos. Tivessem casado, com uma mulher rica. Ninca pede pensão de alimentos, porque é RICA. Até paga, para se livrar do imbecil.

Amaral disse...

O regresso do Pirata, salvé amigo!

Amaral disse...

Estão a falar do Portas, o rapaz do submarino ? Eu confirmo não ganhou o oscar

sniper disse...

maizum, este não é o meu estado. A cidadania não está sempre, e forçosamente ligada ao estado. Acha que este estado está em bom estado? Acha que a dignidade, a civilização, a democracia e a liberdade dependem do estado, ou de si ? O estado é o pior zelador destes princípios. Veja o excelente post, " não nasci para isto " . Cidadania por decreto-lei? Tenho que gostar do estado para ser um bom cidadão e exercer a cidadania?

Sílvia disse...

Caro Sniper
não há Estado sem cidadãos, ou há?
Exercer a cidadania com plenos direitos implica reconhecer a Lei do Estado, ou não?

Sapka disse...

Ó Sílvia, não perca tempo com estes pedaços de asno. Um sniper é um assassino à distância, a coberto do anonimato, apontando a pessoas expostas. Cuidado!

sniper disse...

Olá Sílvia.

É verdade, não há estado sem cidadãos. O exercício da cidadania não implica o reconhecimento em absoluto da lei do estado. Se não fosse assim, para que servia o direito ao exercício da cidadania ? Este direito serve para demonstrar concordância ou não das leis do estado, por exemplo. O exercício da cidadania não pode ir contra a liberdade de outros cidadãos, ou de outros movimentos de cidadãos. É na regulação deste equilibrio de interesses que a lei tem que ser reconhecida e cumprida, sem contestações.. Esse é o tipo de lei que não deveria existir. Infelizmente é necessária. Os blogs são uma forma de direito à cidadania e da sua expressão. Um superlativo da liberdade de comunicação. Infelizmente, os anónimos já não são permitidos. Entrou a regulação, quando devia ser auto-regulação. Aceito e suporto esa decisão da CCS e do VPV.

carneiro-resmungao disse...

obrigado Sílvia! estava eu aqui entretido a dar essa resposta quando pimba! não é que tive que honrar o que disse e registar um blog!

sniper! gostemos ou não em democracia o estado somos nós e é através dele que exercemos a cidadania.

Sapka disse...

Vasco Pulido Valente, dá cabo do PP. Só tu sabes e só tu podes fazê-lo. A Nação, agradecida, erigir-te-á um monumento. Não há pachorra para aquele bimbalhão.

sniper disse...

Sapka,

Você é um ignorante, e sobre snipers, só deve saber o que lhe mostram os filmes de guerra da classe B.

sniper disse...

Se ele nos deixar exercer a cidadania . Até agora tem tolerado. O prognóstico para o futuro é muito reservado.

ccs disse...

caro sniper, lamento mas não tive alternativa. sempre quis ter a caixa de cmentário aberta a todos. mas nos últimos tempos isto tinha deixado de ser uma caixa de comentários para se transformar num caixote de lixo que afastou daqui pessoas interessadas em discutir e comentar temas que lhes interessavam. foi isso que me incomodou. não tenho nada contra os anónimos: mas doses industriais de palermices e de alarvidades não fazem bem a ninguém.

Sapka disse...

"Esse é o tipo de lei que não deveria existir. Infelizmente é necessária."

Eis o fascistóide a deixar entrever a plumagem. O tom doutoral. Ex catedra. A conversa hipócrita de liberal arrependido. O "infelizmente", à laia de "lamentamos muito", "só nós é que sabemos quanrto nos custa". É fado. Para já, temos a rolha. Lamentamos muito, provisoriamente, depois se verá. Quanto estivermos distraídos, a facada nas costas. Parece banda desenhada.

Não há fascismo, só há fascistas. Estes é que nunca acabam. Agora estão tramados, porque não é a altura. Terão de pacientar uma geração ou duas.

A censura tinha que chegar a este reles quadrilátero, Sílvia. Eu não lhe disse? É só um quadrilátero insignificante, mas é a gota igual ao oceano.

Sapka disse...

Ó atirador, esta do "você é um ignorante" está-me a soar familiarmente. O VPV fez escola, involuntariamente. Sabe que ele nunca se revê nos alunos, não sabe?

Sílvia disse...

Sniper,
eu compreendo-te muito bem. Amanhã podemos continuar.
Amanhã também vou encontrar-me com a Maloud ao Porto. Será que eu vou ter uma surpresa? Hum!... espero ter uma grande surpresa.

Sílvia disse...

Sapka,
eu compreendo-te muitíssimo bem. Amanhã conversamos. Tem uma boa noite.

Cabouclo Capiroba disse...

Oi..como é bom voltar a Blogar .. o Cush correu-me do Semiramis mas aqui ele não manda nada ...

Que prazer mijar fora do penico e falar de assuntos sérios e urgentes ..

O segundo alento da energia nuclear paradoxalmente vai encontrar estimulo não só na volatilidade do Oil mas .. e principalmente para evitar a volatilização das armas nucleares ...


Os novos reactores (Fast Reactor) não deixam resíduos passíveis de serem usados em bombas..como também fazem uma utilização optimizada em perto de 90 % do combustível ... e os resíduos radioactivos em vez de precisarem de dezenas de milhares de anos para se tornarem inofensivos ..precisarão apenas de centenas de anos..

Portanto .. se hoje em dia alguém quiser fazer uma central nuclear térmica ...quererá em ultima análise fazer bombas ..

É interessante pensar que uma central nuclear pode tb servir para produzir Hidrogénio.. giro .. não é ??

Ah .. e serve Kyoto...onde vais Kyoto ??

sniper disse...

Cara CCS,

Estou 100% de acordo consigo. Este tsunami de asneirada vai acabar muito em breve. Os invejosos e os incomodados com a liberdade de expressão e com a verdade, não vão aguentar por muito tempo. Para estes, os blogs foi a pior coisa que lhes podia ter acontecido. Reconheço aqui os verdadeiros fascistas e social-fascistas da nossa praça.

alexandre disse...

Era inevitável. Esperemos que resulte.

EUROLIBERAL disse...

"Paulo Portas é, por enquanto, na direita portuguesa, a única personagem com carisma, inteligência e dimensão mediática para a projectar no futuro próximo." dixit Rui A. (e CCS parece subscrever...)

Mas que disparate ! Estava bem mal a direita se a sua personalidade mais marcante fosse a Catherine Deneuve, a loura doida do Parque, agente dupla ao serviço do Rummy (lembram-se daquele fim de tarde romântico a dois no forte do Estoril?). Um traidor à Europa que rasgou os contratos já assinados para a compra do Airbus de transporte militar para o substituir por lixo americano, sabe-se lá com que "contrapartidas" ? Um apoiante histérico da politica de cruzadas terroristas no Médio Oriente ? Em suma, um "enculé" de Bush ?

Nem pensar. A direita verdadeira (que é patriótica, europeísta e apegada aos valores ocidentais vilipendiados do outro lado do Atlântico) tem felizmente gente com verdadeira estatura intelectual (sabiam que a Doida teve 13 em Direito ? Pudera, andava sempre no Parque a enfardar...), moral e política para dirigir o País: Cavaco (que teve já 3 vezes mais de 50% de votos, não 6%...), Borges, Freitas e muitos mais... A Portas já era... Morra a Portas, PIM !

rb disse...

Ontem acabei por não conseguir ver todo o programa do PP, "O estado da arte", pois começou-me a dar sono. A ideia que eu tenho dele é que é uma pessoa muito inteligente e com uma grande capacidade de trabalho, mas sem convicções. Tudo me soa a falso e a mero calculismo político. Tá bem, eu sei que todos os político são camaleões, mas em PP esse estilo é demasiado evidente. A ideia que me dá é que ele é de direita por mera opção e não por convicção, ao contrário do irmão que me parece muito mais autêntico e convicto. Enfim, a meio do programa, ele começou a elogiar o Sócrates e aquilo embalou-me ...

maloud disse...

Drª Constança,
Já não irei tirar partido da sua decisão, mas quero felicitá-la.
Cumprimentos

Anti-critico do Freitas! disse...

Confesse CCS,

Você deseja ardentemente a volta de pORTAS.

Quase tão desesperadamente como ele mesmo.

Não importa de que "direita". Direita é PP. É Paulo Portas. É populismo. é um ego qu enão encontrou espaço de manobra no PSD e portanto tomou d eassalto o ex CDS e transformou-o num PP, feito a sua imagem e semelhança.

Já agora sra CCS, defina o que entende por direita!

Ou será qu eé simplesmente PP...

maloud disse...

Sniper, Niet, Atento, Paciente Inglês, Apátrida, José, Francisco Múrias, José Sarney, Tina, Zazie, Unconstrected e todos os Anómimos daquilo a que chamo a 1ª fornada,

Gostei muito de os conhecer, agredeço a correcção que sempre tiveram comigo e a discussão, sempre elegante, sobre temas, em que, por vezes, estávamos em profundo desacordo.

Um grande abraço e até um dia


PS Lamento nunca ter sabido o nome do tal restaurante de bairro, no Porto.

maloud disse...

Sílvia,
Logo vou conhecê-la e tenho a certeza que será um prazer
Até logo

carneiro-resmungao disse...

atento,
Discordo! O Miguel Portas está em negação à muitos anos (como toda a esquerda da geração dele). Quanto ao "Estado da Arte" (e eu a pensar que a SIC ia passar um documentário de tecnologia de ponta portuguesa) foi de facto muito morno, e quem nos dera a nós que o PP tivesse usado de algum calculismo politico porque aí não terias certamente adormecido. Depois, para ser justo, houve uma parte que foi deveras interessante e que tenho pena de não ter gravado (quem o tiver feito que disponibilize na net pf :P) quando ele falou do seu velho inimigo de estimação, os close-ups diziam tudo!

maloud disse...

Amnm,

O tal chá, com as famílias, será marcado brevemente.
Como vê valeu a pena andar por aqui. O que me magoou, já ultrapassei. Estou noutra.
Um abraço

rb disse...

Maloud: que despedidas são essas que não entendo?...

rb disse...

maizum-cidadao-descontente disse...
"atento,
Discordo! O Miguel Portas está em negação (h)à muitos anos (como toda a esquerda da geração dele)." Fundamente s.f.f..

rb disse...

Maloud e Silvia: para próxima venham a São João da Madeira, ou então podemos combinar um acampamento na Serra da Freira. Que é que diz Silvia?

rb disse...

E para quando um anónimo a azul ...

maloud disse...

Atento,
Despedi-me no fim de semana.
Sabe que tenho dificuldade em lidar com a matilha. Ou serão hienas? Hoje, só estou a aproveitar um espaço que a Drª Constança proporcionou, para agradecer a muitas pessoas, e de certeza que esqueço algumas, a simpatia e a educação.

piscoiso disse...

Aquela mesa do Estado da Arte, parecia um lavadoiro.

Sílvia disse...

Atento,
nós somos vizinhos. Já sabe que pode aparecer quando quiser...
Quanto ao acampamento acho que é uma boa ideia, mas sugeria a aldeia de Covelo de Paivó, para onde, ultimamente, tenho levado os meus alunos da direcção de turma no final de cada ano lectivo. Trata-se de uma casa com condições para receber 20 pessoas, embora se possa abrir a tenda de campismo no exterior.
Bem..., eu costumo levar estas coisas a sério, embora goste muito de brincar. Pense nisso...

rb disse...

Silvia: primeiro tem de aparecer em SJM, pois eu já havia feito esse convite há umas semanas atrás e declinou-mo :-)

palha d'aço disse...

Fica no ar o cheiro a azia, vai-se a tripa. É caseira, da província, embrulhada em serapilheira. Uma receita "marada". Alguem que perceba de receitas?

rb disse...

Ó Maloud, não faça isso! Você é a alma desta caixa. Se calhar devia conter-se um pouco nos comentários, não se expondo demasiado. Depois basta ter capacidade de abstração para não responder a insultos e provocações, meramente virtuais. De vez em quando há que deixar a matilha ladrar. Sair, espairecer, por exemplo visitando outros blogs, e depois, quando tudo acalmar voltar.

EUQUEROSERANONIMO disse...

Maloud, não vá por amor de Deus.
O que será da nossa vida sem você?
É peça fulcral deste blog.
Sabe não ligue à matilha. O povo é assim burro e ileterado. O povo é mal-criado e cobarde escondendo-se por detrás do anonimato.
E que melhor para terminar que esta frase desse não anónimo Sniper (deve ser nome paterno): "Reconheço aqui os verdadeiros fascistas e social-fascistas da nossa praça"
Não lhes ligue.

palha d'aço disse...

Se a tripa tem alma, os cucos ao sairem do relógio não fazem "cucu", o cérebro é do tamanho de uma ervilha, as galinhas têm dentes, o Abrupto é um bom bloggspot, PP não sabe nadar, o "gajo" da gaze muda o penso todos os dias.

continuo anonimo disse...

Tolerância é sinónimo de inteligência. Tenho pena que CCS tenha acabado com comentários anónimos, e não entendo como esta medida a vai ajudar a tornar bloggers e comentários menos anónimos, menos contestatários, ou menos explícitos textualmente. Aliás poderá verificar que a minha identidade a partir deste momento é muito mais clara.
Tolerância.

continuo anonimo disse...

"Reconheço aqui os verdadeiros fascistas e social-fascistas da nossa praça"

Preocupa-me sniper. Porque com esse nome e essa capacidade, talvez já tenha integrado os quadros duma qualquer pide.

"Sabe que tenho dificuldade em lidar com a matilha. Ou serão hienas?"

São pessoas, aprenda a lidar com elas. Ainda não percebeu que vive em sociedade? Se por causa de uns comentários virtuais reage assim, imagino no dia-a-dia. Não deve estar habituada a críticas. É juiz?

palha d'aço disse...

continuo anonimo constatou o óbvio, não precisou de grande esforço. O mérito por ter dito bem e anonimamente

carneiro-resmungao disse...

atento,

Por acaso quando escrevi isso estava-me a lembrar deste episódio: Debate sobre a moção de censura à Comissão Europeia (afinal em que é que ficamos?)

Pressão militar sobre um estado que advoga a destruição de outro estado e do seu povo? Nem pensar! As esquerdas contra a chantagem militar sobre o Irão

E não vou colocar aqui os links para as pérolas que ele nos tem dado no DN...

palha d'aço disse...

A espingarda do atirador "escondido" pareceu-me em tempos qualquer coisa como uma Remington ou uma Barrett M98 de longo alcance, nada que tenha a ver com a soviética Dargunov. Assim, de repente, à sombra da asa protectora CCS, não me parece grande espingarda. O tiro parece uma bufa. Vale mais um sub do PP

rb disse...

Maizum-cidadao-descontente: isso é só espuma ...

palha d'aço disse...

O post de Cabouclo Capiroba valia um post dos "head posters"...devia de interessar. Não é coisa do "sistema" Finlandês.

Outro disse...

Uma coisa são os anónimos que discutem o tema do post de modo civilizado, por mais diversas que sejam as suas opiniões.
Outra são os anónimos (ou será só um ?) que vem assediar os comentadores, sem se referirem ao tema do post.
O assédio pode ser positivo ou negativo.
O positivo é com baba. O negativo é com insulto.
Posto isto, desejo expressar o meu apoio a Maloud.

-pirata-vermelho- disse...

Fez bem, Constança. Poderia ser mais filtrado ainda...

La Palisse teria lembrado que a oportunidae de Comentário oferecida é, inequivocamente, ao texto publicado e, eventualmente, a outro comentário AO TEXTO PUBLICADO.
Outras conversas caberiam noutro espaço a elas dedicados por quem os dispensasse.

Francisco Múrias disse...

O poder excessivo do Estado é mau, mas a desordem ainda é pior.

Mesmo a CCS teve que exercer a autoridade para pôr ordem na casa
Francisco Múrias

def disse...

Eu gosto muito do doutor Paulo Portas. Não é que vote nele. Aliás, eu nunca voto em ninguém.

Mas se votasse era no doutor Paulo Portas que votaria. Normalmente desligo o som no telejornal mas gosto de ver os rodapés e as imagens e acho é que ele, quando fala, parece estar mesmo a sério.

Às vezes, para perceber a verdade nos políticos é boa ideia desligar o som e deixar de ouvir o que eles dizem.

maloud disse...

Como sempre, Piscoiso, na mouche.

xatoo disse...

Só neste post contei 6 nomes da coligação neoconservadora PSD/CDS (e uma referencia a Manuel Alegre e outra ao BE - ambos eleitoralmente inconsequentes)
É esta a intenção: construir o espectro politico nacional com base na proporção de forças em presença consoante a visibilidade que os presuntos intelectuais lhes vão dando. Um género de hermans josés, só que em vez de se dedicarem ao enternaiment promovendo politicos do Bloco Central dos bons velhos tempos aos serões de domingo - se dedicam mais ao ramo politico-literário sem horário (a recibo verde?)
Na vontade dos escribas oficiais do Reino, este é o universo que lhes interessa.
Se os posts são esta nulidade, imagine-se a palha em comentários derivados que por aqui se serve,,,
A inanidade alastra de tal forma que
desde o principio sempre fiquei curioso em ver quanto tempo é que aguentam a caixa de comentários aberta ,,,

e-konoklasta disse...

Sinceramente, mas o que quer a SIC ? obter mais audiência com um programa como o "estado da arte" ? Que tempo perdido... e não vi tudo ! Mal, muito mal a SIC e a direita portuguesa que não têm, realmente, mais nada para escapar ao fracasso...

carneiro-resmungao disse...

eu sei eu sei atento, ainda bem que estás atento! :)

PS: mas não deixa de ser verdade...

Cingab disse...

A direita não é nada de momento... E seria importante que fosse, já que a esquerda parece um tsunami em cima do estado!

continuo anonimo disse...

"Só neste post contei 6 nomes da coligação neoconservadora PSD/CDS (e uma referencia a Manuel Alegre e outra ao BE - ambos eleitoralmente inconsequentes)"

Olhe que só se for por os conhecer, que eu tanto os vejo a apoiar como a criticar. Parece que têm medo de assumir uma posição. E estão na blogosfera...

palha d'aço disse...

Outro...eu assisto ao blog assinado como um anónimo, por isso vou falar-lhe por mim. O assunto parece ser sério para si, vou tentar estar ao seu nível.

Primeiro, se puder, tente explicar o que entende por civilizado.

Segundo, por causa de uns cartoons num jornal Dinamarquês do mundo civilizado, parece que andam a morrer pessoas. Deve ter bloggado bastante a propósito disso, manifestando-se contra o Islão, contra a Dinamarca, contra amabos ou contra nenhum.

Gostei da sua observação cartoonista "O positivo é com baba. O negativo é com insulto". É interessante. Revejo-me nela. Percebo o que quer dizer. Embora o seu objectivo fosse diferente. Perdeu uma boa oportunidade de não passar por imbecil e ignorante. Funcionalmente não é um caso perdido, consegue distinguir entre preto e branco. Vou tentar explicar-lhe, parece-me que é mais ou menos isto: a deferência que pode observar no modo como me dirigo às pessoas (estou a falar pelo meu anónimo, não outros), a que você chama "baba" tem a ver com o facto de saber que estou a lidar com uma pessoa directamente - como estou a fazer consigo, e que sei que tem emoções, estima, etc. Aquilo que você chama de insulto refere-se ao modo desculpabilizado com que certos tiques e atitudes exibidos pelos co-bloggistas são caricaturados e que está muito próximo da manipulação de objectos. Não sei se percebeu. Eu levei algum tempo a crescer para isto. De qualquer modo, se quiser ser visto como uma pessoa, não seja um cartoon.

Outra questão: se alguma caricatura minha o incomoda ignore-me, não me diriga a palavra porque me está a dar oportunidade de lhe responder, rejeite-me, marginalize-me, viva no mundo civilizado.

Não sei se já esteve em Paris. Sempre que por lá passo, no sacré coeur, é muito raro não trazer um daques bonecos em carvão, por 20 euros...a sério.

Num post acima o "atento" dizia para "maizum-cidadao-descontente": "Fundamente s.f.f..". O "maizum-cidadao-descontente" lá fundamentou. Parece que estamos no bom caminho. Civilizadamente.

palha d'aço disse...

A propósito de assaninos frios estava outro dia um palhaço pintado de vermelho, coxo, zarolho, a fazer arakiri. Que receita estúpida recuscitou aquele equívoco?

zazie disse...

carísisma Constança,

fez muito bem e isto apenas tem a ver com hábitos de higiene. Por muito menos tenho eu comentários moderados no meu blogue onde apenas posto uns disparates alegres


Esta opção até é demasiado liberal para o meu critério. Não foi sempre assim mas agora é. Infelizmente

continuo anonimo disse...

Muito bem anónimo! Bem esgrimido!

Outro disse...

"anonimo disse...
Outro...
Primeiro, se puder, tente explicar o que entende por civilizado."
Com todo o prazer prazenteiro lhe direi que ser civilizado, para a minha modesta pessoa, é ser polido.
Agora não me vá perguntar o que é para mim ser polido.
Ponha o impresso debaixo da porta que respondo ao questionário.

palha d'aço disse...

Outro...não precisa de responder ao questionáro...já o fez. Tem nota cem.
Cumprimentos

Bajoulo disse...

“Os mongóis inventaram o pólo a cavalo, mas na altura em vez de usarem a bola, usavam as cabeças dos Ocidentais” – Quitéria Barbuda in “Balatuca, o Mourinho de olhos em bico”, Revista “Espírito”, nº 29, 2006.

QUAES CUNQUE FINDIT

www.riapa.pt.to

palha d'aço disse...

Grande povo os mongois, tinham receita de tripa...de onde eram os Ocidentais?

rb disse...

MALOUD: Minha cara amiga virtual, fui ver a sua declaração de despedida e só a posso entender por ser novata nisto, como aqui já reconheceu ser. A tal matilha de que fala, ou hienas, ou, diria, toupeiras, conseguiu o seu objectivo que era fazer com que a Maloud perdesse a paciência. Quando comecei a viciar-me nos blogs, que também foi há bem pouco tempo, esses "trolls" também me impressionavam. Eles chegam ao ponto de usurpar a nossa identificação, como já aqui aconteceu com a Sílvia. O objectivo deles é minar o blog e correr com aqueles que querem uma caixa de comentários para debater temas, ainda que por vezes só através de disparates, lugares comuns ou "vacuidades". Mas a melhor resposta contra a estupidez é ignorá-la em absoluto. Deixe a matilha ladrar. Não seja tão pessoal nos seus comentários, nem os faça com tanta frequência e vai ver que já ninguém a chateia. Imagino que lhe deve custar voltar atrás com a decisão que tomou, mas, eu entendo que é errada e seria uma prova de intelegência e humildade, contra aqueles que pensam que "nunca se enganam ou raras vezes têm dúvidas" e que infelizmente temos de gramar, fazê-lo por todos aqueles que apreciam a sua escrita. Por fim, como é que eu vou sozinho dar conta daquela nossa tarefa conjunta para a qual me desafiou logo no início?...

sempre anonimo disse...

A CCS parece não ter percebido a razão de tanto assunto fora do contexto... é pena, mas em ultima analise, a CCS deveria optar por criar uma sala de Chat no lado esquerdo do ecran e anulava imediatamente os motivos dos comentarios anonimos.Pelo que é dado a ver , aqueles que reivindicam filtros são aqueles que usam o espaço para guerrilhas armadas , neste caso armadas em parvas. Pense nisso

sempre anonimo disse...

Faz parte do profissionalismo de um cronista, avaliar com insenção os testemunhos das VITIMAS, se tal não acontece, o cronista limita-se.
Os comentarios dos anonimos em maioria visavam reivindicar este espaço para debate em detrimento de uso para chat, dái nasceram as criticas. Pelo menos é isso que salta à vista.Pense nisso...

rb disse...

E o sempre anónimo, que certamente pertence à 1.ª fornada, não está também a procurar fazer chat com a CCS? Pense nisso ...

sempre anonimo disse...

Não pertenço a fornada nenhuma, não sou propriamente um bijú. Não uso rotulos , nem sequer estou em condição de destinguir uns anonimos de outros, porque para mim podem ate ser todos o mesmo anonimo - a partida não conheço nenhum dos bloguistas, nem pelo nome , muito menos pelo nick, a unica visivelmente identificada é a Silvia, o que tambem pode ser engano . Na Net o Atento pode ser quem quiser e eu tambem, o que esta em causa é o uso pessoal de um espaço que é dos outros. As pessoas tem email não comprendo porque ocupam a discussão com encontros e coisas do genero, tal não deveria ser privado?! Gosto mais de uma boca que venha no seguimento do post,( mesmo que aparvalhada ), que esse tipo de situação. Embora esteja de momento a cometer o mesmo erro, de uma maneira ou de outra os que se queixam e os que provocam cometem erros semelhantes.
Cump.

continuo anonimo disse...

Sempre anónimo: Subscrevo.

rb disse...

Eu tb subscrevo o que disse sempreanónimo, embora, como vê, e relativamente à questão da identificação dos anónimos, depois de ter criado esse nick, pelo menos tornou-se mais fácil debater consigo. Daí a importância que atribuo ao nick. Quanto a fazer disto um chat, tb o subscrevo, embora abra excepções - como o sempreanonimo reconheceu estar tb a abrir comigo - em relação à Maloud, pois parece que a sua anunciada despedida teve reflexos aqui no formato da caixa de comentários e além disso é pena que ela saia pelos motivos que saiu pois as suas opiniões, apesar do chat, eram apreciadas aqui. Um abraÇo e continue sempreanónimo :-)

palha d'aço disse...

"Não cantarás, Assuracentorix, não cantarás" - Asterix e o Combate dos Chefes

"Chiça penico" - Shrek

"Vale a pena levá-los a sério?" - Constança Cunha e Sá

"Parto incógnito" - Asterix e o Grande Fosso

Alea Jact Est

Bajoulo disse...

"Num tempo em que abundam as modalidades desportivas, deveria ser obrigatório nos Jogos Olímpicos o Arremesso da Escarreta à Distância e a Tiro com Pívia ao Alvo. Já estou a imaginar as nossas Equipas da Escarreta à Distância e do Tiro com Pívia a desfilarem orgulhosamente na delegação Olímpica. Nas bancadas os representantes federativos, e as respectivas famílias, inscritas como técnicos." - Quitéria Barbuda in "Espera aí que já cospem, ou a lenda do Todo Boneco", Revista "Espírito", nº 29, 2006.

QUAES CUNQUE FINDIT

www.riapa.pt.to

palha d'aço disse...

O gajo agarrou nos tomates, torseu-os até ficarem roxos e entalou-os na gaveta da morcela. Escarrou, arrancou um pintelho e borrou fininho. Vê-se grego

-pirata-vermelho- disse...

Subscrevo o que disse o 'sempre anónimo' às 6:12. Sem prejuízo do que antes afirmei - (não são atitudes mutuamente exclusivas na íntegra)

palha d'aço disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Francisco Múrias disse...

Faz-me confusão com é que há gente que tem tempo para deitar para o lixo a escrever porcarias

Francisco Múrias

Luís F. Simões disse...

Afinal, sempre houve "censura"... é natural que exista, enquanto se confundir liberdade de expressão com liberdade de estupidez, mas não só. A censura é importante - só através dela a reivindicação ganha expressão e acontece. Aliás, o "25 de Abril" aconteceu porque havia censura. Presentemente, graças à puta da liberdade de expressão, é a nulidade que se vê. Um tipo não é preso. Um tipo não chega a existir. Um tipo não chega a ser estatística. Logo, não há direito à real reivindicação - daí o puteiro em que isto se tem vindo a transformar. "Camarada", ninguém sabe que estás numa Guantánamo Democrática... Vejam a beleza do texto que se segue:

Sentei-me confortavelmente à mesa. Fito a televisão, que mente (e por isso a mantenho acesa!), ao mesmo tempo que saboreio um delicioso prato de comida. Sou um europeu de classe média. Eis algumas das minhas preocupações: ver se arranjo bilhete para o filme do momento. Juntar um pouco mais do que é habitual para ter umas férias em grande… Se me conter um pouco nas deslocações desnecessárias com o carro talvez possa adquirir aqueles belos sapatos de 120 euros já para a semana…

Pouco depois de todas estas masturbações desperto: Foda-se!, aqueles filhos da puta da Al-Qaeda mataram outra vez inocentes. Actuam sempre sem escrúpulos e de forma cobarde… Esses islâmicos são uns invejosos de merda, não podem ver ninguém bem!...

Moral: o europeu de classe média, e não só, não tem, não quer ter, consciência da sua inconsciência. Julga que tem o que tem porque é superior (mais inteligente e civilizado que os outros). O europeu de classe média, e não só, não repara que o que tem se deve, e deveu, às chacinas, pilhagens, invasões ilegais que fazem, e fizeram, aos países que se encontram na miséria. Não percebem que os estranhos dirigentes que ascendem ao poder nesses países são lá colocados por «nós», para que os saques se continuem a perpetuar de forma subtil. Depois surpreendem-se e escandalizam-se por observar duas torrezitas a ruir com meia dúzia de ianques corruptos a que quiseram chamar de inocentes, esquecendo-se que os inocentes eram os milhares de sem-abrigo que transitavam àquela hora nas imediações de tão hediondos edifícios. Sim, o europeu de classe média, e não só, horroriza-se ao observar uns comboios que precisavam de ser remodelados a arrebentar – horroriza-se com tão pouco! Será que é preciso acrescentar mais para deduzir que um europeu de classe média, e não só, tem mais é que ir com o CARALHO?!!

Não sou mau - até vos confesso que sou um anjo se comparado com assassinos como Bush, Blair e Sharon - porém, como sou consciente não posso escrever de outra maneira. Lamento se ofendo alguns. Como dizia o da ave: Vai vai disse a ave/ porque as folhas estão cheias de crianças que se escondem excitadamente escondendo o seu riso/ vai, vai... vai disse a ave/ o género humano não pode suportar tanta realidade. Não sou pessimista, sou realista... como toda a droga o terrorismo também vai continuar a aumentar, podem crer. Portanto, se entretanto houver um ataque em Portugal e eu for uma das «vítimas» (entre aspas porque não existem vítimas entre nós :), por favor, não chorem! Acendam uma vela, se quiserem, e sorriam... Sorriam porque será sempre por uma nobre causa.

in "A Capital", em 20/03/2004, por Luís F. Simões (o tal LFS)

Até calha o que se segue ao que se seguiu: está mais actual e menos ofensivo. Basta olhar para França, mas não só.

Tarta-se de um excerto de um romance autobiográfico que estou a escrever - tem que ver com a miséria que está a suceder a este país, mas não só:

(…) Alex, ao chegar à “A Capital”, já se tinha apercebido do sistema através dos outros jornais (das televisões nem vale a pena falar). Reparou que a existência dos grandes grupos de pressão e interesses (os tais lobbys que o povo houve falar sem compreender muito bem o que é ou o que são) não só existiam como abundavam por este país fora. Basta irem ver quem são os administradores/proprietários de todos esses tablóides, para começarem a ter noção da ponta do iceberg. Depois, eles misturam-se. Porquê? Porque para além de terem interesses comuns, misturados conseguem iludir muito melhor o povo.
Antes tínhamos que entregar o dízimo ao rei, agora entregamo-lo através dos impostos, etc., a meia dúzia de republicanos chupistas – os novos corsários. É o tal dilema do “vira o disco e toca o mesmo”. É a tal vantagem de uma ditadura aberta para uma fechada – a fechada sempre é mais vulnerável!
Até poderia compreender tudo isto e nem vir para aqui incomodá-los se eles tivessem alguma classe a roubar. Mas a eventual decência e ética que tinham esboroou-se com o capitalismo desenfreado, mas não só – os novos corsários, que emergiram dentro desses grupos (os tais novos ricos sem “pedigree”) começaram a pôr tudo a perder – roubavam como os outros, mas não tinham a classe dos que os haviam antecedido. E porque é que os que os haviam antecedido permitiam que eles (os tais novos ricos, autênticos boçais) roubassem e ascendessem a posições até aqui há anos impensáveis? Simples: porque para os tais senhores criarem os impérios que criaram tiveram que corromper muita gente através de intermediários (eles não podiam dar a cara, mas alguém tinha que o fazer). Estes intermediários, para não bufarem, começaram a ascender a posições estratégicas dentro do sistema. O que é o sistema? No fundo baseia-a em três a quatro forças: Maçonaria, Templários, Opus Dei… Através destas seitas, entre outras menores, aliciavam os súbditos. Ali entretinham-nos com esquemas de monopólio. Qualquer criança, com ambição e desejo de vencer na vida, é facilmente assediada/atraída a fazer parte destas seitas – e o que são os homens senão eternas crianças? Daí as tais seitas resultarem, ainda mais sendo muitas delas “ordens secretas” – o que é que o jogo das escondidas não pode fazer a todas estas crianças sem escrúpulos? A submissão e exploração de todo um povo.
Alguns dos seus elementos foram sendo colocados estrategicamente em posições de liderança, por tudo quanto é sector do país, até que a base estivesse sólida o suficiente para roubarem à vontade e tornarem-se intocáveis – por outras palavras: tinham que fazer o mesmo dos que os haviam antecedido, mas com mais classe (aqui reporto-me a épocas anteriores ao “25 de Abril”). Hoje em dia são os tais 10 por cento deste país que vive a desfrutar do trabalho dos outros 90 por cento – dos escravos de todas as cores para que não se sintam escravos.
Amigos, camaradas, o que quiserem: acreditem, não existem ricos inocentes.
Todas as posições de relevo são repartidas, partilhadas, pelos tais grupos de poder. Alternam-se como se alternam aquelas putas da beira das estradas. Se não são os filhos são os sobrinhos que ocupam os lugares de relevo. Se não são os tios são os enteados – seja o que for, tem que ser algo que tenha que ver com os grupos. Daí, por terem todos uns que ver com os outros, os grandes escândalos nunca têm fim/solução. Repare-se no caso de Camarate, na Moderna, na Casa Pia, nas “melancias”, nas “Belezas”, na Ponte de Entre os Rios, nos "Apitos dourados" e nos imensuráveis “esgotos” abertos

Uma pequena curiosidade: quando saturado pelos lobbys dos jornais, e de ver que lhe censuravam textos que não deviam ter sido censurados, Alex criou outros heterónimos (mulheres) para escrever para os mesmos, à medida que pensava: “Olhem-me para estes filhos-da-puta! Com que então o Luís F. Simões, está de quarentena. Mas os seus heterónimos não!” E ria-se a bom rir. “Jamais me calarão. Se não posso actuar com o meu nome, actuarei com os outros.” Claro que não podia continuar a ver os seus textos serem publicados com a essência que desejava – adoptou heterónimos de Direita (ouviram bem), daqueles politicamente correctos – mas sempre se ria, oh como se ria! E assim Alex fez publicar alguns artigos com outros nomes nos jornais que pensavam que o estavam a foder – a ver vamos quem é que fode quem! (Para já ainda é cedo para revelá-los – nunca se sabe se não me podem fazer falta (ah ah ah).

Quiseram gozar comigo? Vão gozar com o CARALHO! (Estou a referir-me à Imprensa escrita (ressalvando "A Capital"), aonde fiz publicar cento e tal artigos de opinião, alguns dos quais já aqui divulgados, no espaço de um ano e meio)
Voltando: Todas as autarquias e câmaras deste país comungam de uma “qualidade”: da corrupção. Por isso, Alex (O nome da personagem que uso no romance) teve que vender um dos terrenos que lhe estava destinado por 16 mil contos quando o podia ter feito por uns 80 mil. Porquê? Alex explica. Um corsário aproxima-se e diz: “Sabes, Alex, até te oferecia 80 mil contos pelo terreno, mas soube que aquela área está dentro do plano de ordenamento cá da terra e ao que consta irá ser cedido para a corporação dos bombeiros ou tornar-se-á zona verde.” “Olhem-me que filho-da-puta tenho à minha frente!” – exclamou Alex de si para consigo. E é assim, caro leitor(a), que a coisa se vai fazendo.

Melhor: como é que os corsários iam adquirindo o monopólio? Colocavam os “Zés” à frente dos partidos e da Assembleia, e posteriormente à frente do governo. Alternando-os iam privatizando os bens públicos conseguidos ao longo de toda à história de um povo. Grande parte do lucro dessas privatizações, engrandeciam as famílias/seitas que estão por detrás deles. Portugal, arrisco-me a dizer, de norte a sul não passa de uma “Offshore” – onde o povo é roubado desavergonhadamente. A Função Pública, o proletariado das seitas, que poderia se revoltar, não revolta. Porquê? Porque para além de se contentar com o suficiente, sonha com a possibilidade, ainda que remota, de ser convidada a adquirir um papel mais importante na hierarquia. Quem são eles? Eles não existem?! Existem, só que camuflados pelas suas “holdings”! É através delas que eles lavam o dinheiro que advém (vocês sabem bem de onde advém!), e podem pagar 30 mil contos de ordenado a jogadores de futebol e a putas de bordel, e foder dinheiro em submarinos para uma armada que por mais que seja renovada nunca o ficará - desde quando os nossos hipotéticos submarinos poderão fazer frente a um peido vindo do Afeganistão? Há que satisfazer as seitas - mas o tempo delas escasseia! O povo há-de vos comer, BANDALHOS!

sempre anonimo disse...

Em relação ao post da Constança e aderindo-lhe a nossa recente discussão, devemos admitir que faz falta um Centro na nossa Politica e na sociedade.
Paulo Portas parece não ser o homem indicado para se situar entre os extremismos do PS ou do PSD, mas o CDS faz falta na oposição, devia adoptar outros conceitos mais modernos, moderados e por isso mais centralistas.
Urge criar um CDS coeso na oposição, no parlamento , na Sic não faz falta nenhuma , a menos que Portas esteja disposto a concorrer com a infascinate Cinha Jardim

Sílvia disse...

À PIRATARIA:

Hoje, Dia Internacional da Mulher, tive o prazer de tomar "chat" com a Maloud. Afinal, a Maloud não é ficção, é simplesmente uma Senhora.
Espero que CCS se lembre de dedicar, aqui, algumas das suas provérbias palavras às Mulheres da nossa Cidadela.

carneiro-resmungao disse...

anónimo,

já que gosta tanto de cartoons vá aqui (s.f.f.).

NicoleW disse...

Hi, a nice blog you have here... You will surely get an bookmark :) Fleshlight

xatoo disse...

Sílvia disse...
"Espero que CCS se lembre de dedicar, aqui, algumas das suas provérbias palavras às Mulheres"
realmente é estranho,
passa o santo dia 8 todinho e inteirinho, e para aqui está o Portas -sózinha, abandonada, coitada
É uma malvadez!
(da concorrência)

DasAntas disse...

Tenho lido com especial atenção os textos de Luís F. Simões e, desde aquele que julgo ter sido o primeiro, e só não tenho a certeza porque só assinava Luís, sinto uma inquietação a que não sei responder, e ele também não me fornece pistas para acabar com este mal estar. Concluo sempre, que somos marionnettes que se mexem ao sabor de interesses mais ou menos obscuros e que nunca conseguiremos vislumbrar, quanto mais desmontar. Por outro lado, o retrato impiedoso que fez ontem e hoje da chamada classe média, que na minha opinião em Portugal é quase inexistente, leva-me à quase inevitável questão: É para isto que vivemos? Só para isto?

Sapka disse...

Quero apenas dedicar umas palavras à Sílvia, aqui em representação das Mulheres bonitas por dentro e também por fora. Uma mulher avessa a esta maldade corrosiva endémica em certos blogs, uma mulher lutadora, com princípios, mas com dúvidas, que reserva um lugar da sua mente e do seu coração ao Outro. Na época actual (e em todas, se calhar) um modelo de Mulher. Estou fascinado.

Hieronymus Bosch disse...

Eu ando aqui a escrever parvoices nos blogs todos só para ver se alguem vai 'a porcaria do meu próprio blog.

A minha fotografia até nem esta' mal, estes parvos e' que nao sabem que foi tirada ha 30 anos e na altura tinha menos 40 quilos!

Hieronymus Bosch disse...

Isto e' impossivel! Como e' que o meu pensamento aparece aqui escrito?

Vou processar criminalmente a Internet!

Va' la' que nao me apanhou ha pouco com os pensamentos porcos...

Sílvia disse...

Olá Piratas,

estava mesmo à vossa espera.

DasAntas disse...

´Porque é que o Paulo Portas está aqui há 26 horas?

Sílvia disse...

Está de castigo por ter perdido as chaves do PPortão!

Francisco Múrias disse...

Porque já conseguiram destruir um bom blogue

DasAntas disse...

O Francisco Múrias quer concretizar? Gostava de ouvir a sua opinião, porque, embora várias vezes discordemos, sempre o fizemos de forma civilizada e cordata.

rb disse...

Nem um postalzinho sobre o Sampaio ... em jeito de balanço. Nem uma palavra ou foto sobre o dia internacional da mulher. Enfim resta-nos a foto do PP e as topeirices do costume. Cá para mim vamos é ficar sem comentários e até era bem feito.

Luís F. Simões disse...

"Desantas";

o primeiro texto que publiquei (neste espaço) foi assinado simplesmente com Luís. Vim em defesa deste blogue, devido ao excesso de filhos da puta que usando a capa do anonimato se limitavam a enxovalhar gratuitamente o mesmo. Nutro admiração e repulsa pelo VPV. Quanto à Constança Cunha e Sá, não conheço suficientemente o seu trabalho para tecer um comentário verdadeiramente consistente, o que não me impediu (devido ao pouco que aqui li) de dizer algures: "sei que não podemos existir sem perder tempo, mas há que perdê-lo com dignidade", etc. Na altura, coloquei isto em anónimo, sem enxovalhar gratuitamente, porque queria manter o meu blogue no anonimato, isto porque tenho tido uma atitude de desprezo para comigo mesmo ultimamente, a qual se reflecte no blogue. Existem fases e fases...

Mas voltando ao excelente texto do VPV, em que assino como Luís: nele VPV sensibilizou-me, porque mostrou o lado humano que algures soçobra dentro do monstro que o encobre... Choca-me que um tipo como ele - não creio que alguém de "boa fé" lhe coloque em causa a inteligência - seja tão parcial em questões como o médio-oriente, a descolonização, etc. Sobre o processo da descolonização, por exemplo (coisa que seria bom que nunca tivesse existido - no meu entender nunca deviamos ter colonizado outro povo), um dos piores bandalhos foi o Mário Soares, coisa que o VPV discorda. Ainda em relação à descolonização: há aqueles historiadores que se gabam que um dos grandes feitos dos portugueses foi criar a mulata, esquecendo-se que tal "obra" terá resultado, quase de certeza, de uma violação.
É preciso ter cuidado com a história. Tudo isto está interligado. Muita gente continua perplexa com o que está a acontecer pelo mundo. Com frequência assalta-nos a palavra/expressão: Porquê? Creio que se reflectirmos para lá da obviedade do simples abrir de uma janela, daquilo que nos vendem, veremos ou perceberemos um pouco mais do todo e de tudo.
Quanto à inexistência da classe média: por cá ainda existe, nem que sejam os "pobres". É que os pobres de cá nada tem que ver com os "pobres"/miseráveis de lá. Ser pobre na Europa é um luxo... que tal não seja suficiente para apenas vivermos (e sermos) só para isto ;)

DasAntas disse...

Luís F. Simões,
Muito obrigada. Irei "visitar" o seu blog amanhã.

ibotter disse...

Carnaval de Canas de Senhorim- 400 anos anos de folia Loucura e liberdade!- genuinamente português-único no mundo com dois bairros em disputa!![Paço e Rossio]

- Perdão!! , único durante 370 anos porque nos últimos 30 tem convivido com uma cópia mal tirada, mas bem paga!

http://municipiocds.blogspot.com/

Hieronymus Bosch disse...

Como estou a reagir bem, talvez o pirata lilás não chateie tão cedo.

Só lá para a semana que vem é que me vai pôr loura.

sniper disse...

Já suspeitava, mas agora tenho a certeza. Este blog está povoado por oligofrênicos. Vão se tratar, mas penso que já seja tarde. CCS e VPV, não desistam. O blog é o espelho da nossa sociedade. Temos que viver assim. Aqui temos os arrumadores, os exibicionistas, os pedintes, os ressabiados, os invejosos, os mal criados, os violentos, os hipócritas, os cínicos, os falsos púdicos, etc. A fauna completa. Se vamos para a rua sabendo que eles estão lá fora, na rua, na empresa, na repartição, nas escolas, nos centros comerciais, porque é não vamos continuar a vir para aqui?

Francisco Múrias disse...

Não desistam

Sapka disse...

Sniper, espero que já tenha ido ao dicionário aprender ou confirmar o significado do nome que para si escolheu, que tão bem lhe assenta.

Agora diga-me:

Você é dos ressabiados, dos falsos púdicos, dos hipócritas ou... dos arrumadores de conversa?

Ou da classe dos que, do seu esconderijo, alvejam pessoas expostas?

Realmente, um blog é o sítio ideal para uma pessoa como o sniper. Melhor, nem inventado.

Sapka disse...

Eu não vi o Portas. Era hoje, não era? Faço sempro por isso, por não o ver. Em compensação, vi o Benfica, apesar de ser leão. Mas que o homem (PP)tem qualidades, tem. E que sabe fazer pela vida, oh lá se sabe. Espero que haja uma guerra de comentadores políticos, com tiroteio cruzado das colunas do público para a SIC e desta para a RTP. Não tarda, o Santana mete-se também ao barulho. E mais umas pessoas que eu cá sei. Vai ser bonito. Quem vai gozar é o pagode da esquerda que, cada vez mais teso, já não tem dinheiro para o bilhete do circo.

Sapka disse...

"A direita, ou o que se faz passar por ela, está a transformar-se num clube cada vez mais restrito."

Vai ser exactamente como esta caixa. Sempre têm o modelo alternativo da cátedra autista, como o JPP faz.

Durmam bem.

sniper disse...

Não desistam; o Niet/o-espectro, a Maria de Lurdes/maloud, o lavador, o xatoo, a sílvia, a tina, a zazie, o euroliberal, cada com um no seu estilo, e com as suas opções culturais e políticas. Grande privilégio em saber, conhecer e aprender com eles. Não desistam.

montenegro disse...

Cara Silvia.

Vou recomeçat a leitura sobre o Opus Dei.

Uma boa noite

Angie disse...

Excelente.
Tudo dito.
Como nas boas sínteses.

EUROLIBERAL disse...

2ª edição (a pedido de várias famílias)

"Paulo Portas é, por enquanto, na direita portuguesa, a única personagem com carisma, inteligência e dimensão mediática para a projectar no futuro próximo." dixit Rui A. (e CCS parece subscrever...)

Mas que disparate ! Estava bem mal a direita se a sua personalidade mais marcante fosse a Catherine Deneuve, a loura doida do Parque, agente dupla ao serviço do Rummy (lembram-se daquele fim de tarde romântico a dois no forte do Estoril?). Um traidor à Europa que rasgou os contratos já assinados para a compra do Airbus de transporte militar para o substituir por lixo americano, sabe-se lá com que "contrapartidas" ? Um apoiante histérico da politica de cruzadas terroristas no Médio Oriente ? Em suma, um "enculé" de Bush ?

Nem pensar. A direita verdadeira (que é patriótica, europeísta e apegada aos valores ocidentais vilipendiados do outro lado do Atlântico) tem felizmente gente com verdadeira estatura intelectual (sabiam que a Doida teve 13 em Direito ? Pudera, andava sempre no Parque a enfardar...), moral e política para dirigir o País: Cavaco (que teve já 3 vezes mais de 50% de votos, não 6%...), Borges, Freitas e muitos mais... A Portas já era... Morra a Portas, PIM !

Ai meu Deus disse...

É importante rever hoje o significado de uma palavra pouco usada: o que queremos dizer, quando dizemos que algo está encavacado?

O sábio Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa ajuda: "encavacado: adj. - que deu o cavaco; aborrecido, contrariado".

O que é, então, um país encavacado?

(transcrito, a despropósito, de aijesus.blogspot.com)

rb disse...

É verdade Ai meu deus, hoje sinto-me um bocado encavacado. Será que ainda vou a tempo de emigrar?...

rb disse...

Se me permitem, uma sugestão óbvia para um post: balanço 10 anos de Sampaio/perspectivas de 10 (?) anos de Cavaco. Ou outra coisa qualquer, até pode ser o feito do Benfica, mas tirem-me a foto do Paulinho daqui sff, já basta os close-up do seu novo programa.

rb disse...

Luis F. Simões: comno é que consegue escrever bem e não dizer nada de jeito, ao mesmo tempo.

rb disse...

Ainda sobre o Portas, permito-me transcrever do blog Canhoto, dum post de Paulo Pedroso (esse mesmo!) as seguintes interrogações que ele faz a propósito da importante entrevista dada por Sampaio ao DN : "Mas a grande revelação desta entrevista é a de que Santana Lopes caíu porque deixou de contar com o apoio sólido do CDS. Que indicações deu Paulo Portas, que Sampaio tão bem conhece desde a infância, que se tenham revelado tão importantes? Como pôde o CDS verberar tão fortemente a decisão de dissolução da AR quando foi, afinal, um dos seus principais responsáveis? Terá o CDS tirado o tapete à política orçamental de Bagão Félix? Ou a falta de solidez do apoio do CDS a Santana radica noutras figuras do CDS que não em Portas? Quais? Sampaio informou o Primeiro-Minsitro Santana Lopes desses sinais? Como reagiu o Primeiro-Ministro Santana?"

carneiro-resmungao disse...

atento,
então não vês q a ccs está agora ocupada na TVI?

rb disse...

E não levou o portátil?...

continuo anonimo disse...

Luís F. Simões:

Forneceu a prova de que um texto comprido não indica sempre um pensamento reflectido. E insulta-se a si próprio? Bizarro!

Não tenha receio de dizer o que pensa, agora reflita antes de o escrever. Reveja antes de "postar" - Poupe-se a este tipo de comentários.

Sniper: Não duvido que o grupo de comentadores que já postava neste blog antes outros cá terem aparecido, se tenha sentido invadido. Agora. lembro-lhe que a net, os blogs (que admitem comentários) e de um modo geral a vida em sociedade tem destas coisas...pessoas que desconheciamos terem opiniões diferentes das nossas...acontece

carneiro-resmungao disse...

e na TVI terão ligação à net? :\ ok pronto eu calo-me e vou ver se trabalho um bocado.
PS: já agora, qto ao q disseste acerca do LFS: na mouche.

dng disse...

morreu mas vai resuscitar com grande exito na qualidade de comentador...

Cabouclo Capiroba disse...

Este blog .. é um nado-morto?

continuo anonimo disse...

António Borges tem a capacidade técnica, é um lider, mas não é um "animal" político (tipo MMendes ou JCoelho), por isso, a menos que obtivesse a maioria dos votos para a liderança do PSD e depois uma maioria confortável no parlamento (fruto de uma escandaleira envolvendo quadros do PS, quiçá) não vislumbraria grande sucesso para ele enquanto PM.

rodrigo disse...

Estes comentários estão a estragar tudo...Lá está...abusam da liberdade que lhes é dada.Já reapararam que não estão a discutir minimamente o tema e é isso que interessa?...Não teem mais nada para fazer?

Como compreendo a CCS..Infelizmente nem com o registo obrigatório se está a safar (para já).

Ganhem juizo e vão "brincar" para outras paragens pois estão a estragar um espaço de informação que nos pode ser muito útil a todos e onde podemos ter discussões muito interessantes.

Ganhem juizo!

Luís F. Simões disse...

Quanto ao Sniper: talvez um dia se aperceba que quando dispara, dispara contra si mesmo - mas esse será o dia da sua morte e ao que tudo indica ele não pretende morrer.

No que respeita ao anónimo: é mais do mesmo... e do mesmo o que mais aprecio são as boas leituras.

Depois diz que "continuo anónimo": convém que assim permaneças. Pelo menos enquanto te esqueceres de reflectir (interpretar) enquanto lês.

Só uma ressalva: Dizes que me insulto a mim mesmo, e dizes bem. Sei bem o pulha que sou - porque ao contrário de ti tenho consciência. Sei que estar aqui confortavelmente sentado a debitar palavras, não vai retirar a fome de ninguém, por mais beneméritos que sejam os conselhos. É muito por isso que estou, sinto-o, numa fase de viragem - naquela em que é "suposto" passar das palavras aos actos.

E agora, digam-me: poderei, a seguir, esperar mais que esse gratuitismo boçal e medieval?

DasAntas disse...

Sniper, se vivo um pouco recolhida, não é com medo do arrumador, alguns até conheço e falamos, nem do "esticão". É a incapacidade para me defender de certas situações, porque tive sempre quem "tomasse conta de mim". Aqui estou sózinha, mas depois de falar cara a cara com a Sílvia e de ouvir outras opiniões a que dou a maior importância, cá continuo. Sózinha e como sou. Não tenho que me envergonhar do que sou, nem de andar a pedir desculpa pelo que sou. O ser foi para mim mais importante do que o ter. O ter, no meu caso, deveu-se à sorte. Nasci na minha família e não na do caseiro. O ser devo-o a mim própria e à minha circunstância. Não me envergonho de mim, nem da minha circunstância. Posso mudar de nick, mas continuo a ser eu. E, se alguém quiser comprovar que sou de carne e osso e não um programa informático estou disponível, no Porto, para tirar qualquer dúvida.

DasAntas disse...

Rodrigo, não acha que ao fim de 39 horas já quase tudo foi dito sobre o tema? Talvez a CCS e o VPV nos queiram dar algum tempo, aos que vamos andando por aqui, para que certas "cenas" não se voltem a repetir. Gostaria que considerasse este cenário, mesmo que depois o descartasse.

carneiro-resmungao disse...

o VPV n foi convidado para a cerimónia? ahahah
ok ok eu vou almoçar.

rodrigo disse...

dasantas,

Se foi tudo dito (o que eu acho impossivel pois há sempre alguém que têm coisas novas para dizer), então é só esperar pelo próximo post e entretanto podem sempre ir vendo o que se passa noutras paragens.

Desta forma as pessoas simplesmente desinteressam-se e não comentam o assunto lançado pelo blogger. É elementar ou não?

DasAntas disse...

Não percebo esta "rejeição" dos textos do Luís F. Simões. Comecem no primeiro, o primeiro é muito importante, e verão que nos questiona. Não é necessário respondermos todos da mesma forma, mas é necessário questionarmo-nos. E, às vezes, andamos tão distraídos ou ocupados que não o fazemos.
Sei que este não é exactamente o tema do post, mas mal de nós, se surgindo-nos algo ou alguém interessante, e do meu ponto de vista bem mais interessante que a personagem do post, estivessemos impedidos de opinar.

continuo anonimo disse...

LFS: era obvio que não aceitaria bem uma crítica, aliás nunca ninguém deve ter sido sincero consigo. Contudo, não precisa partir para o insulto.

Pelo que tenho visto quem se gaba de ser "identificado" recorre mais vezes ao insulto (esse sim gratutito) do que quem pretende apenas discutir uma ideia ou debater uma opinião. A cada verdade que é dita ( e corroborada por outros comentadores) há um insulto por parte do visado. Extraordinário.

Cabouclo Capiroba disse...

O Luís diz ser um pulha ..mas não te esqueças que antes de haver acções têm que haver palavras...

A propósito disso .. vcs sabiam que os países mais ricos da UE , a Alemanha , Inglaterra e França , estão ao nível dos estados mais pobres dos USA ?

Então e nós ?? a que nível estaremos ? Porque mãos temos andado ?

Outro disse...

Só p'ra dizer que acho piada ao itálico, vernáculo, pastoso e exibicionista Luís F. Simões.
Já não lhe compro o carro.

Francisco Múrias disse...

Esta tudo convidado a visitar o meu blog ...

Outro disse...

Espero que a Constança nos informe sobre a ementa servida no palácio de Queluz.

DasAntas disse...

Francisco Múrias,
Que mauzinho. Lá fui eu tada contente e dou com o nariz na porta. Não se faz.

Blogger disse...

Ó Vasco!

Para quando um post sobre “esse monumento à parlapatice política (vpv)” que é Jorge Sampaio?

DasAntas disse...

Umblogger, faça isso no seu blog. Acabo de vir de lá e a última vez que escreveu foi em Maio de 2005. Ou terei visto mal?

Luís F. Simões disse...

"continuo anónimo",

Fico contente que tenhas reparado no itálico. Ainda que não seja apenas isso que te doa.

Depois: não temos tempo para sermos amigos, quanto mais inimigos.

E não te esqueças: o dia que fores sincero, ficarás em silêncio.

Vim aqui para inspirar CCS e VPV, e ir dando um ou outro ponto de vista. Para além disto, vou respeitando e saboreando a criatividade de outros, mesmo quando divergem da minha opinião e não se identificam.

Não pude foi deixar de contestar a verborreia de alguns, sobretudo quando escudados pelo anónimato.

continuo anonimo disse...

LFS: Estás distraído, não fui eu quem comentou o facto de escreveres em itálico...afinal quem não lê os posts/comments és tu...

"E não te esqueças: o dia que fores sincero, ficarás em silêncio:" É para rir?

"Vim aqui para inspirar CCS e VPV": por quem te tomas? Com essa frase deves ter-lhes inspirado apenas gargalhadas...como a mim.

Finalmente, não sou inimigo de ninguém, mesmo que tenha tempo, e mesmo que tenham pontos de vista diferetes dos meus. E vou deixar de te responder, porque não é essa finalidade do blog, nem o meu objectivo.

Bajoulo disse...

“Nos governos aristocráticos os homens que aí chegam são pessoas ricas que só desejam o poder. Nas democracias, os homens de Estado são pobres e precisam de fazer fortuna. – Quitéria Barbuda in “O Fim da República”, Revista “Espírito”,nº 16, 2005.

QUAES CUNQUE FINDIT


www.raa.t.t

xatoo disse...

Estes dois cucos, depois de terem aviado a Clara Ferreira Alves de analfabeta, e deixado por aqui exposto durante todo o santo Dia Internacional da Mulher as fuças do Paulinho, foram mamar croquetes para o Palais du Quelux.
Estamos conversados. Estes são dois dos mais representativos gurus dos intelectualóides tugas. Bem hajam, por existirem e serem assim.
Conservem-se, meus lindos, não tem havido muitas épocas que se podem apanhar boleias destas em maré de conservadorice.

xatoo disse...

"em que"
óbviamente

DasAntas disse...

Luís F. Simões,
Eu tenho um nick, mas dei o meu e-mail aos anfitriões, para o usarem, quando entendessem. Agora não imagina que eu queira ter as pessoas a tocarem à minha porta, para me insultarem. Já bastou e sobrou o que fizeram aqui.

Xatoo,
Sejamos sérios. O VPV não está a comer o croquette. Ele não pode com o Cavaco. E nunca o achei hipócrita.

rb disse...

Alguém sabe explicar pq é que no frescos.no.sapo.pt aparece uma entrada do Espectro, às 14h20 e, no entanto, aqui no blog nada aparece?

Francisco Múrias disse...

Pois não dá dasantas mas não percebo porquê (sou um bocado azelha devo ter carregado nalgum botão que não era para carregar...) Mas quem quiser ir experimentem: wwwideia.blogspot.com

DasAntas disse...

Também não dá. Entretanto verifiquei que não consigo acesso a alguns blogs. Será que o blogspot está com problemas? Há umas semanas esteve.

Francisco Múrias disse...

wwwideia tudo pegado . Mas agora já dá carregando no meu nome azul

-pirata-vermelho- disse...

Vide
http://asombra.blogspot.com/

Luís F. Simões disse...

"continuo anónimo",

como são tantos para o mesmo é natural que a certa altura se cometa um lapso.
Ainda bem que chegas à conclusão que o objectivo não é responder-me - nunca pedi que o fizesses. Nem acredito que me tenha dirigido a ti antes de tu o teres feito.

O meu propósito, aqui, é confrontar e estimular (mal ou bem) os anfitriões e nunca os restantes "comentadores".

Luís F. Simões disse...

"desantas",

o que narras sobre a tua caixa de correio e alguma eventual devassa, dirigindo-te a mim, é ambíguo. Podes ter a amabilidade de esclarecer melhor o que se passa?

xatoo disse...

DasAntas disse... "sejamos sérios"
pois!, eu quero lá saber onde é que o VPV anda. Só disse que ele é uma figura proeminente do sistema. Ponto final.
Olhe, em estreia mundial, aproveito a ocasião para divulgar um poema educativo inédito do Carlos Mota de Oliveira:

Em louvor de Cavaco Silva

Eu boliqueimo-me
tu boliqueimas-te
ele boliqueima-se
nós boliqueimamo-nos
vós boliqueimai-vos
eles incendeiam-se!

Bajoulo disse...

"Daniel Cohn-Bendit (Maio de 1968)

Uma das Figuras do Maio de 68 em Paris, que é actualmente uma espécie de menino da mamã dos deputados europeus e da imprensa parlamentar. É autor de afirmações pedófilas, imbecis e de mau gosto.
Durante as manifestações de 1968 e, segundo eles, para chocarem os valores vigentes, despiram-se com criancinhas e estiveram a tocar nos sexos uns dos outros, ou seja, segundos os valores vigentes da actualidade, este Deputado Europeu, esteve em práticas PEDÓFILAS. Será que este tipo de Cultura ainda tem adeptos no meio dos pseudo-intelectuais ?! Sim, o Abrunhosa!" - Quitéria Barbuda in "Cultura desta? Não Obrigado.", Revista "Espírito", nº 16, 2005.

www.riapa.pt.to

continuo anonimo disse...

Xatoo: De que sistema é o VPV uma figura proeminente?

DasAntas disse...

Xatoo, delicioso poema.
Ainda bem que hoje conseguimos ter alguma poesia

sempre anonimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
sempre anonimo disse...

A Considerar as palavras de Paulo Portas

- Sinto-me só, estou só na Sic, o meu cowboy fugiu não tenho quem tome conta de mim, resolvi aceitar ser comentador para debitar amor e faternidade, a Cinha Jardim disse que dava visibilidade e podia ser que alguem me agarra-se

Oh senhores comentadores , os senhores não tem emenda! Gostaram do texto , perceberam o sentido, consideram isto ridiculo?!
pensem nisso

sempre anonimo disse...

Um Homem chega a casa estafado, sente-se no computador enquanto a mulher faz o tacho. Vai ao VPV e a CCS para ler uma boa critica, ironica e apimentada. Le um artigo, inspira-se , vai manifestar o seu apoio e apontar falhas. Abre a caixa de comentarios e le , estou triste, sou loura , por favor continue por aqui, e logo a seguir vinte comentarios a contrariar. Tem graça muita graça, Ninguem se consegue concentrar. Pensem nisso