segunda-feira, fevereiro 20, 2006

UM ANO

Um ano depois de ter ganho as eleições, o principal trunfo de Sócrates é a memória ainda viva do que foi Santana Lopes.
ccs

43 comentários:

Jose Sarney disse...

Não concordo.

O grande trunfo do dito Eng. (licenciado na Universidade Independente) José Sócrates Carvalho de Sousa, é o completo "deserto de idéias" em Portugal.

Como não há mais ninguém que se veja ou oiça, .....pois.....lá teremos que o aturar até que Portugal desça ao fim dos abismos (menos de 70% do rendimento médio da UE). Estagnação desde há 5 anos. Desemprego a aumentar em flecha.

Vamos ver a partir de 9 de Março de 2006, como serão as tardes de quinta-feira!

Mª Lurdes Delgado disse...

A Drª Constança também leu o editorial do Público de hoje do JMF?

Marco disse...

Ainda vão aparecer pessoas com saudades do Santana Lopes...

piscoiso disse...

Desde os telejornais com Santana-Sócrates que a minha tia Consuelo tinha mais confiança em Sócrates. Mas se fosse para a cama, preferia o Santana.

Anónimo disse...

Mª De Lurdes Delgado

ehehehheheheheh

d disse...

o choque tecnologica nao prima pela originalidade, mas merece uma palavra de merito

Mario Figueiredo disse...

Parece-me, cara CCS, que essa tem sido a prática corrente de governação em Portugal nos útimos 20 anos.

O trunfo do governo é os falhanços do governo que o antecedeu. Como este governo aparentemente não será excepção. Aqui estaremos todos a afirmar o mesmo dentro de 3 ou 7 anos.

Não há nada para ver.

JAC disse...

Este é, actualmente, um dos pilares da democracia e do desenvolvimento – a memória de Santana e a imagem do Mendes.



«Somos uma nação pobre (estéril) e castrada (infecunda) … somos um povo descaracterizado, humilhado e cobarde cujos ídolos são uns, alguns de nós, a correr atrás de uma bola num campo relvado. - JAC»

http://sal-portugal.blogspot.com/
JAC – Sal de Portugal

Anónimo disse...

O que concluo quando resolvo dar uma vista de olhos pelos comentários é que:
. ou há muitos desempregados em Portugal;
. ou gente a mais na função pública!

afurada disse...

" Um ano depois de ter ganho as eleições"... Queria V. Ex.ª dizer, um ano depois de ter GANHADO e não ganho.

Anónimo disse...

Entre Sócrates e Santana, venha o diabo e escolha.

Jose Sarney disse...

"o choque tecnologica nao prima pela originalidade, mas merece uma palavra de merito"

Os 150.000 postos de trabalho também, sobretudo para aqueles que já procuram incessantemente a emigração....

Mª Lurdes Delgado disse...

Anonymous das 3:39 PM,
Eu sou dona de casa por opção. Eu sei que isto é difícil de entender. Aqui há tempos respondi a um inquérito da Markteste telefónico. Depois de recolher a minha sapiência e a minha opinião, lá vieram as sacramentais perguntas sobre a idade {faltinha de chá} e profissão. Para convencer o senhor que me questionava, a não me colocar na lista dos desempregados, demorou tanto como a responder ao extenso rol de perguntas e, mesmo assim, acho que não ficou muito convencido e sem minha autorização lá me chamou desempregada.

rb disse...

M.ª L. Delgado: a CCS leu o editorial, mas esqueceu-se de ler o resto do que disse JMF e ainda os pontos altos e baixos, de 1 ano de governação. Sejamos justos, há muito que não se via um governo fazer tanto, às vezes errado, é certo, mas pelo menos faz.

Anónimo disse...

Memória de Santana? Sem dúvida!

Mas ainda mais a de Durão, Guterres e Cavaco Silva, lembram-se?...

Anónimo disse...

Cara MªLurdes Delgado,

As desculpas minimizam...

Anónimo disse...

Sra CCS,

Sou Muçulmano. Filho de pai Português (que vive na Dinamarca!!) e mãe de origem argelina e nacionalidade britânica!!!! Quase todos os meus amigos são cristãos. Ou ateus. Acho. Nunca nos interessou muito. Eu sou tão moderado (pouco fundamentalista) como eles.

Ou melhor éramos. Agora não é tão fácil. Tão simples.

Actualmente é quase impossível não ouvir “bocas” e ser discriminado. Especialmente quando já sabem que sou muçulmano. Antes isso era algo pouco importante. Uma questão intima de consciência e moralidade. Mas agora até aqui, no nosso pais, de brandos costumes e forte herança árabe, já todos têm a alguma coisa a dizer. De preferência de mal dizer, que é mais bem visto. Mesmo que não conheçam do que falam!

Isto para dizer o quê?

Sou admirador do sr. VPV que leio há muitos anos. E pelo caminho comecei a ler este blog.

Estive a ler as últimas matérias e vi uma sua que achei interessante: CALADINHOS! Acerca dos comentários.

Repare como é fácil melindrar-se! E a sra “ouve aqui muito muito menos que eu.

E no entanto, com esse muito muito menos já se MELINDROU e estava a considerar a lLIMITAÇÂO da sua tão propalada liberdade de expressão. Neste caso nos comentários.

Criticar e falar do que (e de quem) não sabemos é fácil. Mas ouvir criticas já nos faz lembrar ( e exigir) que é preciso RESPEITO.

Não se trata de reprimir a liberdade. Sou europeu e prezo o nosso sistema democrático.

Trata-se de EDUCAÇÃO. Ter o cuidado de não ofender os outros com a nossa liberdade de expressão.

Isso é muito mais polido. Muitos mais “produtivo”. Muito mais CRISTÂO (aliás é a posição do Vaticano).

Relembrando que como muçulmano respeito a figura de Cristo…

E sou muçulmano mas tenho sentido de HUMOR.

Infelizmente atitudes radicais de cada um dos lados estão a levar isto tudo para trás, para umas novas cruzadas.

Pense nisto da próxima vez que escrever.

Bem haja.

André.

Mª Lurdes Delgado disse...

Caro Atento,
Eu já há dias lhe disse isto, mas como você não me ligou, vou ter que repetir tudo outra vez. Deus do céu o que a gente se repete!
Como tenho memória de elefante {era eu lá capaz com a minha ignorância de ir lá atrás e copiar para aqui. Esta parte explicaram-ma tão depressa, que eu ainda ia parar ao Abrupto e o JPP passava-se}.
Eu estou estarrecida com a defesa que você faz deste governo. Essa é a minha tarefa cá em casa {nós somos apologistas da divisão de tarefas}. Eu propunha-lhe o seguinte: ao jantar anoto os ataques do meu marido {eu sei que devo ter dito do pobre que me atura, mas fiquei farta desde que um internauta se apoderou da expressão} e da prole, e só respondo no dia seguinte depois de o ler. Combinado?
Espero que desta vez me tenha lido, senão eu passo-me.
O JMF li-o todo.

Rui Borges disse...

Santana quê?

Mª Lurdes Delgado disse...

Anonymous das 4.08 PM,
Quais desculpas? Não me diga que também me quer meter à força nos desempregados? ou então nos funcionários públicos? Eu saí da função pública pelo meu pé, sem encargos para o erário público, há 30 anos, depois de ter passado 2 a aturar os nossos maravilhosos adolescentes como professora. Se me mete lá outra vez enlouqueço

piscoiso disse...

Na verdade não há "desempregados".
Toda a gente emprega o tempo de algum modo.
Nem que seja a preencher caixas.

esgoto disse...

o trunfo de qualquer governo é a burrice do povinho.

Anónimo disse...

Ó piscoiso,

O chapéu cabe-lhe que é uma maravilha!!!

Rui Martins disse...

É verdade... O governo Santanaz foi tão extraordinariamente mau que fulminou por muito tempo qualquer hipótese de Santanaz ser novamente uma figura política (o que com a boa memória dos portugueses dá para aí uns dois dias).

Sócrates tb lucra com essa recordação... Mesmo o mais medíocre dos ministros (e temô-los) será sempre incapaz de apagar a memória dos Santanismos diários daqueles 4 "saudosos" meses...

Victor Lazlo disse...

A seguir aos palhaços vêm sempre os domadores de leões

Cristina disse...

D.Mª de Lurdes Delgado

venho a este blog frequentemente. honestamente, mais pelos comentários que pelos posts. e hoje não resisto à tentação de lhe dar os parabéns, grande comentadora! é uma delícia lê-la, quando tiver um blog, por favor, avise...

cordialmente :)

Cingab disse...

ccs,
infelismente é essa a verdade!

Davide E. Figueiredo disse...

Eu acho que os políticos ganham muito em popularidade quando morrem e penso que o mesmo vai acontecer com Santana Lopes.

JV disse...

Decorridos que estão os primeiros dois meses do ano, a mui expressiva flaviense Maria Lurdes Delgado ganha o oscar de melhor comentarista.

A entrega do prémio será realizada oportunamente.

Cordialmente

xatoo disse...

Davide E. Figueiredo
se esse fôr da mesma extirpe da Irmã Lúcia, estamos lixados.

Mª Lurdes Delgado disse...

Obrigada Riquita. Eu só sou comentadora. Os autores deste blog é que são brilhantes e alguns de nós, ou quase todos {há sempre as desonrosas excepções} recebemos e parasitamos esse brilho.
Enquanto "tiver nervos de aço", e vou descobrindo que posso ter, também com a ajuda dos anfitriões e de outros comentadores, continuarei a parasitar e só a parasitar.

rb disse...

M.ª L Delgado: eu li o que disse e peço desculpa de não lhe ter respondido. Eu acho que não nos podemos revesar tamanha é a desproporção de comentadopres a bater no governo quer faça ou diga assim ou assado. Eu não faço a defesa cega deste governo, quando é preciso critico-o. Não aceito é que não se consiga reconhecer nada de bom, neste ano de governação, a não ser que é menos mau que o do PSL, como insinuou a CCS, via JMF - e quando disse que se esqueceu de ler o resto do editorial do público referia-me à CCS e não há minha cara MLD. Quando nas presidenciais vi as excelentes entrevistas conduzidas pela CCS, individualmente ou com o MST, pareceu-me que CCS estava mais moderada. Agora, acompanhando este blog, infelizmente, vejo que não. (PS: para copiar texto basta seleccioná-lo primeiro, pressionar Crtl e depois C, para o colar, pressionar Crtl e depois V). Muito atenciosamente.

rb disse...

Ressalva: à minha cara MLD e não há minha cara

Anónimo disse...

Então e Durão Barroso? Foi um mimo não?
O Homem fugiu, como Guterres. E com ele fugiram os que agora se aprestam para regressar.
Com este post se prova de que Santana Lopes serviu para "limpar" os erros de Barroso e F.Leite.
Apesar de tudo Socrates mete-os a todos no bolso.Porque Barroso e F. Leite não fizeram uma unica reforma, nem baixaram defice nenhum. Não tinham estratégia, só tactica.E a melhor "tactica" foi irresponsavelmente permitir que Santana Lopes formasse Governo, apenas com o intuito de "fugirem" do que seria uma derrota "inadiavel". Pelo menos Guterres ainda convocou eleições. Barroso e F. Leite
não. Fugiram irresponsavelmente.

Mª Lurdes Delgado disse...

Atento,
Já viu a seca que seria se os nossos anfitriões andassem a dizer bem do governo? Valha a verdade que VPV desanca todos por igual, já CCS não tenho seguido suficientemente o percurso.
Bom, se eles fizessem isso eu desligava. Afinal é o que faço quando há a transmissão televisiva do debate mensal na AR com o "nosso" 1º. Quando é a vez do PS falar, arranjo sempre qualquer coisa para fazer, senão acho que embruteço. Entretanto ouço as outras interpelações que, concordando-se ou discordando-se, são sempre mais vivas.
Escusa de vir o engraçadinho de serviço dizer que qualquer intervenção do PS embrutece, visto no tempo do Durão e do Pedro, eu desligar pelas mesmíssimas razões, quando era a vez do PSD e a do CDS-PP.
Temos de concordar que isto assim é muito mais animado e várias vezes apetece-me tirar o chapéu {se fosse homem, está claro} à qualidade da argumentação de quem nos alberga.

Anónimo disse...

Já há tempos disse que só quando estamos insatisfeitos é que fezemos algum esforço para avançar; a satisfação acomoda-nos - é dos livros.
Da leitura dos comentários supra, parece que se pode deduzir que há muita gente satisfeita, apesar dos indicadores negativos - e com tendência a piorar - que nos colocam numa posição incómoda relativamente aos parceiros comunitários, incluíndo alguns novos aderentes. O que é, no mínimo estranho e, se permitem, triste.

Anónimo disse...

Ainda nao nos livramos de Durao Barroso. Ele lá está na Europa a fazer de força de bloqueio

Mª Lurdes Delgado disse...

Atento,
Há pouco esqueci-me de lhe agradecer as instruções. Eu tenho um caderno, onde as anotei a correr {cá em casa dão-me sempre estas lições a correr}, mas julgava que só dava para passar do Word para aqui. Graças a si já sei fazer outra coisa. Com paciência, dos outros está claro, ainda tiro o curso no Espectro.

Anónimo disse...

O principal trunfo de Sócrates é a Comunicação Social ser como é.

Lucklucky

Rantas disse...

Não considero que o principal trunfo de Sócrates seja a desgraça que foi o governo de Santana. Julgo que existem motivos para olhar de forma positiva para o futuro.
Finalmente temos alguém a reformar "feudos" até agora intocáveis. É um bom princípio.

Não fez tudo bem, houve decisões de que não gostei - o despedimento da administração da CGD e a nomeação de Vara, tudo aquilo que rodeou a demissão do ministro das finanças, entre outras.

Ainda o que me preocupa mais são as decisões mal explicadas dos investimentos na Ota e do TGV.

Comum dos Mortais disse...

E o mais extraordinário é que chegamos a ter saudades...

rb disse...

E o que vale é que o M & M, aviva-nos essa memória.

文章 disse...

AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,性愛,AV女優,美女,成人圖片區,080苗栗人聊天室