terça-feira, fevereiro 07, 2006

O DIOGO DO COSTUME


Diogo Freitas do Amaral nunca deixará de ser o menino exemplar do salazarismo e o discípulo dilecto de Marcelo. Perante a histeria muçulmana, que é um acto político de intimidação do Ocidente, escolheu a subserviência. Este "súbdito", como ele um dia a si mesmo se descreveu, não hesitou em condenar as caricaturas dinamarquesas (que não passam de um pretexto), porque ofendem a "sensibilidade religiosa" do Islão e porque incitam a "uma inaceitável guerra de religiões". Como se a "rua" que se manifesta, se manifestasse espontâneamente com conhecimento de causa e como se quem incita à "guerra de religiões" não fosse o próprio Islão. Freitas finge que não vê o carácter deliberado e fabricado de um "movimento", que chegou ao mundo inteiro em pouco mais de uma semana, e colabora em paz de espírito com os piores fanáticos. Nem desprezo merece.

Para acabar, e no espírito da escola a que pertence, Freitas, já agora, também se queixa da liberdade. "Liberdade sem limites", sentenciou ele, com certeza com o dedinho espetado, não é liberdade, é licenciosidade". Salazar aprovaria o sentimento, mas não a ignorância. "Licenciosidade" significa "desregramento dos costumes" e "do comportamento"; o contrário ao "decoro" e "à moral estabelecida". Freitas, coitado, estava a pensar em "licença".

É triste pensar que este homem representa Portugal e, apesar de tudo, um governo socialista.
vpv

52 comentários:

Formol disse...

Temos um Governo pateta e cobarde. Acho que não fazem por mal: é natural.

AM disse...

Para quem ainda não percebeu o que está a defender, repito aqui:

Publiquei no SEDE:
http://forumsede.blogspot.com/

"Pornoliberdade de expressão

Quem percorrer a cidade do Porto (como, decerto, tantas outras) verificará que, na generalidade das lojas que se dedicam ao comércio de jornais e revistas, se encontram expostos em escaparates ou montras, à vista de todos, os mais diversos exemplares de jornais e revistas habitualmente classificados de “pornográficos” ou "eróticos" nas versões “hard” ou “soft”.

Pessoalmente, acho essa exposição de extremo mau gosto e considero-a até ofensiva, nem precisando de citar situações específicas em que a localização dos estabelecimentos ou bancas poderia acrescentar mais algumas considerações ao simples “mau gosto”.

É claro que os comerciantes além do DIREITO, tem a LIBERDADE de expor o seu produto, e se aquilo se publica é porque se vende, por isso tem que haver quem venda...

(Gostaria aqui de deixar bem claro que estou longe, mas bem longe, de ser um qualquer tipo de moralista (verdadeiro ou falso) e que muito teria a confessar se fosse adepto de alguma religião que se dedicasse a tais práticas, não, não é disso que se trata, trata-se apenas de GOSTO, obviamente relativo, se bem que admita que, para outros, a questão até possa ser mais grave.)

Mas, repito, os comerciantes tem a LIBERDADE de proceder desta forma e não serei eu que os irei tentar, pela palavra, demover dessa prática, até porque há certas coisas que ou se é capaz de ver, sem ajuda, ou então não há ajuda que valha.

Agora tenho que reconhecer que me desgosta viver numa sociedade em que haja quem se sinta bem a ganhar a vida a publicar “daquilo”, em que haja comerciantes que não se importam de colaborar com esse comércio para ganhar mais uns tostõezitos e que não exista uma “pressão do mercado” que leve a que os comerciantes entendam que seria mais vantajoso, para a sua actividade global, demonstrar outro grau de respeito pelos seus clientes.

Será que isto significa que eu sou defensor da censura?

Ou será que entendo que a liberdade de expressão não é um dos valores fundamentais da nossa sociedade?

António Moreira"

Anónimo disse...

clap, clap, clap

AM disse...

O facto de se estar a defender um direito abstrato e que serve também para defender a pornografia, sem querer inferir que as caricaturas valham o mesmo, mais ou menos que qualquer amnifestação pornográfica, é apenas um dos aspectos absurdos desta questão.

Da mesma forma que não são todos os "ocidentais" responsáveis pelos desmandos de umma meia dúzia de maduros, que juntam teóricos da extrema-direita e teóricos defensores de "liberdades absolutas", não são todos os "muçulmanos" responsáveis pelos desmandos de uma parte (se bem que significativa) dos seus nacionais.
Esta situação foi criada por radicais de um lado, para acirrar os radicais do outro.
Os que alimentam esta fogueira a pretexto do divino direito á liberdade de expressão estão a prestar um péssimo serviço á humanidade e revelam-se, afinal, tão fanáticos como os fanáticos que dizem combater.
Entre Cristo, Maomé e "esta" liberdade de expressão (neste acso a liberdade de ofender e humilhar, como foi assumido) venha o diabo e escolha.

AMNM

Anónimo disse...

Perante o claro apelo à censura contido na "nota" do governo(uma vergonha, uma lástima)fico a aguardar pela reacção imediata, no parlamento e fora dele, de Manuel Alegre em defesa da liberdade e da cidadania. Ou não estamos perante um claro ataque às duas? Ora aqui está, dado de mão beijada pelo PS e pelo Governo do dito, um campo de actuação privilegiado para um movimento de cidadania... Fico a aguardar, com incontido cinismo...

San disse...

É mesmo salazarento! Fala-se em liberdade pensam logo em devassidão!Não, eu não acho que o bom do Freitas se tenha enganado....

Marco disse...

Mais de 30 anos a ouvir falar de liberdade e afinal não sabem o que é, ou pior, não a querem.

The Studio disse...

Em Inglaterra os postais de Natal foram proíbidos para não ofender os Muçulmanos, as iluminações de Natal foram proíbidas em muitas cidades para não ofender os Muçulmanos, o Natal passou a chamar-se de "Season" para não ofender os Muçulmanos, os cristãos são discriminados na utilização dos espaços públicos (emprestados aos Muçulmanos mas recusados aos Cristãos para não ofender os Muçulmanos), são discriminados nas escolas onde os alunos não podem usar crucifixos ao contrário das minorias religiosas que podem usar os seus símbolos. O próximo passo, possivelmente, é o de que tenhamos que rezar duas vezes ao dia virados para Meca para não ofender os Muçulmanos.

Quanto ao Ministro dos Negócios Estrangeiros, de cócoras perante os Muçulmanos, nunca lhe terá ocorrido como foi possível que os cartoons de um pequeno jornal regional tenham sido amplamente divulgados por todos os países Muçulmanos até ao extremo Oriente (Indonésia). Não foi certamente obra do editor dinamarquês.

Sugiro ao ministro que vá viver para lá e leve o AMNM com ele. Com que então os cartoons foram publicados com o objectivo de insultar os Muçulmanos? Se não sabe o que diz, informe-se ou fique calado.

Anónimo disse...

Os islâmicos parvos são uma minoria Doutor Vasco. As elites usam-se deles para afastar crises internas e para se solidificarem no poder. O mundo não é guerra e religiosidade. O mundo não é unipolaridade militar e grande estratégia de democratização. O mundo é ontologia (e ontologia é diferente de "texto"). Há que dar lugar a novas "ontologias" porque a que prevalece é degenerativa. Para todos. Há moderados no mundo (e são a maioria). Há identidades comuns. Há normas e valores comuns e diálogo entre "civilizações". Há economia. Há instituições internacionais. Há direitos humanos. Há mais do que unipolaridade, grande estratégia, e militarismo. A conflitualidade presente serve a estratégia. E estamos a perder. Mude o discurso e leia um bocado mais Doutor Vasco. Acima de tudo o que é importante é "tentar perceber".

The Studio disse...

E já agora, um link sobre a mais cara produção cinematográfica Turca de sempre:

http://aolsvc.news.aol.com/movies/article.adp?id=20060202084309990001

Note-se, mais CARA de sempre e dos nossos amigos Turcos, futuros parceiros na UE.

Suspirador disse...

Aqui está um pequeno comentário à declaração do MNE...
http://teoriadasuspiracao.blogspot.com/2006/02/declarao-do-freitas.html

Raskólnikov disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Jose Sarney disse...

VPV, no seu melhor.

Quanto ao esposo da "Maria Roma", pobre coitado, quer aparecer nos holofotes, de quando em vez.....

Jose Sarney disse...

"Entre Cristo, Maomé e "esta" liberdade de expressão"

E o DIABO, que o carregue!

cris disse...

Pois eu creio que é precisamente por ver o caracter deliberado da situaçao que a atitude é a correcta.

Estou perfeitamente de acordo com a posiçao do ministro.

É tirar o tapete aos fundamentalistas.

Anónimo disse...

não sendo eu defensora de Freitas do Amaral, entre a opinião dele e a sua, há uma coisa que salta à vista... a diferença entre alguém que tem responsabilidades e quem não tem.

é por isso que ele é ministro e o sr. dá opiniões :)

Rita

Anónimo disse...

Caro Sr. Professor Doutor VPV

A palavra "espontâneamente" não existe. É "espontaneamente" que se escreve.

Não aprendeu que os advérbios de modo não são acentuados?

Cordial e polidamente
Zacarias Torcato

Angie disse...

Não sei porque se espantam!!!
Mas havia algo mais a esperar de DFA? Absolutamente nada!
E completamente igual a si próprio (como o título do post).

A atitude é de uma coerência absoluta. Ironias aparte.
Coerência, aliás, que nem é o forte deste "neo-rolha" do regime.
Raras vezes terá sido tão honesto, portanto.

Quanto a integrar e, portanto, representar o governo socialista, não pode deplorar-se.
A que título o faríamos?
Ele não está lá por acaso.
Está?!
Nesta "sueca" que é a mesa do governo, o jogo foi mto bem distribuído.

Entretanto, ser tem uma necessidade vital de estar em bicos de pés, e vai repetindo, repetindo a exposição pública até conseguir o orgasmo, que nunca vem...
Traumas do passado (tudo na vida dele foi uma espécie de coitus interruptus).
Não sei porque se espantam: com ele. Nem com o governo.

Renato disse...

Palpita-me que seja uma inteligente estratégia de negócios...
Com a China somos um dos primeiros a tentar normalizar as coisas relacionadas com o comércio de armas...
Com o Islão, se calhar estamos a fazer o mesmo cálculo... "ajudar à normalização" ou pôr água na fervura para nos tornarmos os seus preferidos
Enfim, somos uma maravilhosa ponte entre civilizações quando os do lado de lá fizeram ou fazem asneiras...
Ah! Que rica curvatura...a das costas desta vetusta nação!

Euroliberal disse...

O Espectro deixou ser pró-americano para passar a ser pró-dinamarquês e pró-extrema-direita ? É que não é só Freitas, são todos os países da União que tomaram uma posição idêntica... Até os EUA !Você está isolado, Vasco, renda-se !

As reacções ocidentais oficiais dos EUA, RU E FR:

"Sean McCormack, State Department spokesman in Washington: "Anti-Muslim images are as unacceptable as anti-Semitic images, as anti-Christian images or any other religious belief. But it is important that we also support the rights of individuals to express their freely held views."

"British Foreign Secretary Jack Straw: "The right of freedom of speech in all societies and all cultures has to be exercised responsibly and does not extend to an obligation to insult."

The French Foreign Minister Philippe Douste-Blazy: "Freedom of expression confers rights, it is true - it also imposes the duty of responsibility on those who are speaking out."

The nuanced approach to the competing rights of free speech and responsibility has led to criticism from right-wing and libertarian quarters in the West."

esgoto disse...

tenho vergonha deste governo, destes presidentes, destes representantes europeus. E quem os elegeu devia ter vergonha de si próprio.

MP-S disse...

A posicao de Freitas do Amaral e', de facto, infeliz. No entanto, o mais importante neste momento seria, talvez, dar um passo crucial e tentar perceber o que realmente move as pessoas provenientes daquela parte do Mundo. Procurar saber se teem razoes de queixa, ou ressentimento, contra o Ocidente. O que e o porque? (as nossas politicas externas sao uma fonte de ressentimento obvia, mas se nao os deixarmos dizer-nos isto na cara, nunca conseguiremos demonstrar-lhes preto no branco que tambem teem responsabilidades proprias na situacao miseravel que existe nos paises deles) Porque se - na pior das hipoteses (que julgo irrealista, mas posso estar enganado) -, eles vao ser nossos "inimigos mortais" e' melhor saber porque. Como dizia Mcnamara e cito livremente: "we must empathize with our enemy". A melhor maneira de perder uma guerra e' nao saber o que o inimigo pensa e, a melhor maneira de o fazer, e' continuar a alinhar nos "sound-bytes" que nos chegam aos ouvidos - venham eles do lado dos mullahs, ou dos nossos governantes, ou dos jornalistas em cruzada ideologica.

unreconstructed disse...

Acerca do Prof. Freitas, autor de uma peça ao jeito vicentino intitulada "O Reitor" e de uma inenarrável biografia do nosso primeiro Rei (para já não falar da sua influência sobre a produção romanesca de Maria Roma), só mais um pormenor: na contra-capa da dita biografia, a fim de explicar quão de longe vem o seu interesse por D. Afonso Henriques, o A. adianta que lhe dedicou um "estudo" numa cadeira qualquer do primeira ano da faculdade e acrescenta: "(não-publicado)"! De facto, se alguma vantagem teve a eleição do Prof. Cavaco, foi a de manter o Prof. Freitas duradouramente longe de Belém...

Pedro M disse...

Que dirá Freitas disto:

http://www.garfos.letrascomgarfos.net/

"Its in Koran, Stupid (2)!"

Impressionante...

sniper disse...

Em primeiro lugar, este homem não representa Portugal. É passar um atestado de estupidez ás chancelarias dos outros países, que sabem perfeitamente o homem que têm pela frente. Aturam-no e suportam-no por uma questão de respeito e educação, mas ele não conta para nada. É o exemplo perfeito da vidinha portuguesa. Para consumo interno. Quanto ao resto, parece ter percebido e aprendido bem a cartilha do Guterres. Atenção que ele prepara-se para criar situações delicadas ao Cavaco Silva na política externa portuguesa, ( curiosamente assunto nunca aflorado na campanha, e pelos vistos também agora, tal como VPV o disse aqui ), e prepara à boa maneira dele, a sua campanha à presidência da républica.

POLYPHEMUS disse...

Esta gente, seguidista, leva-o á letra, VPV. Mas faz parte deste cenário, bem montado.
As moscas do contra e as moscas da situação.
Vamos ler e estar atentos às postas restantes.

Anónimo disse...

Diz o homem vaidoso, que o actual MNE "[n]em desprezo merece."

Hahaha ...

O Sniper diz: "[E]ste homem não representa Portugal" ...

Hahaha ...

O grau de inteligência neste
blog é elevado. Hahaha.

A Chapada

Anónimo disse...

"... Freitas, coitado, estava a pensar em "licença"

Hahaha.



"É triste pensar que este homem representa Portugal e, apesar de tudo, um governo socialista."

Hahaha.

É isto a liberdade.

Ninguém quer a ditadura da esquerda.


Lenine

José Barros disse...

Excelente post.

Anónimo disse...

"Euroliberal said...

O Espectro deixou ser pró-americano para passar a ser pró-dinamarquês e pró-extrema-direita ? ... "

lol lol lol ...

Vai para casa Euroliberal.
Já é tarde.

lol.

Os amigos do terrorismo quase
todos aqui a reunir

JV disse...

Freitas do Amaral é um pateta alegre. Foi um péssimo líder do CDS, umpéssimo ministro de Sá Carneiro (pelas razões de todos conhecidas, mesmo sem referir a leviandade com que tratou o caso Camarate) um péssimo candidato a Belém (que só chegou onde chegou porque a Direita não tinha mesmo nada melhorzinho, mas que mesmo assim não apresentou uma ideia, nem pó subatómico de alguma coisa que a ideia se assemelhasse), está a ser um péssimo Ministro dos Negócios Estrangeiros, é um péssimo dramaturgo, e, se lho permitirem um dia, tem todas as ahances de vir a ser um péssimo forcado: aliás, sempre que é preciso pegar o boi pelos cornos (no caso da guerra do Iraque, no caso das presidenciais, no presente caso) sempre foi expedito o nosso Freitas em meter o rabinho entre as pernas e pôr-se na alheta...

Mário Figueiredo disse...

O que ser quer é liberdade sem ponderação. A liberdade dos utopistas. Pois bem... Nesse caso Sr. VPV, eu quero:

- Que as mulheres abortem quando quizerem e quando quizerem.

- Que o Canal 18 passe novamente para sinal aberto.

- Que a bandeira nacional e o hino voltem a fazer parte de anúncios publicitários.

- Chamar-lhe nomes

- Que os homosexuais possam casar-se e adoptar filhos.

- Não ter que entrar às 9 e sair às 18 se estiver a trabalhar com recibos verdes.

- Chamar nomes aos meus vizinhos

- Bom, vamos lá, chamar nomes a quem me der na gana

- Ser mulher e ter o mesmo vencimento de um homem. Ser negro e estar no parlamento.

- Derrubar um governo que promete uma coisa e, uma vez eleito, faz outra.

- ... por aí fora. Para quê continuar?

Sr. VPV a liberdade nunca poderá ser absoluta. Porque simplesmente todos nós temos noções diferentes do que realmente é a liberdade.

Falar de liberdade num estado de direito é contraditório.

rb disse...

Por acaso até gostava de ouvir opinar o nosso Cavaquinho sobre a crise do cartoon. Ai gostava, gostava ...

Saloio disse...

Sobre DFA, palavras para quê????

"É um artista português...!!!"

rb disse...

A nossa diplomacia sempre foi subserviente, é o preço da nossa exiguidade.

rb disse...

E grande Diogo, gostei, e muito, de ler a biografia do nosso I Rei.

lucas disse...

'É triste pensar que este homem representa Portugal e, apesar de tudo, um governo socialista.'
Pois é, mas eles têm maioria absoluta. Custa-nos aceitar, mas talvez o povo português seja apenas como este ministro e este governo: a cobardia e a subserviência estão-lhe na matriz. Merecemos o que temos.

Giz disse...

Porra!, foi pena, que quando o Freitas do Amaral se enfiou no governo, o PP tenha enviado a fotografia do gajo, que estava no Largo do Caldas, para a sede do PS. Se assim não fosse, enviava-se agora para a Síria ou para o Irão.

Giz

Anónimo disse...

Agora percebo a vergonha que os espanhois possuidores de coluna vetebral sentiram após o ataque de Madrid

Adriano Volframista disse...

Nem mais.
A imbecilidade é um fenómeno transversal.

Cumprimentos
Adriano Volframista

Luís da Silveira disse...

A Liberdade de Expressão o que trouxe e presumo que V. não o tenha feito em vão, é a ofensa e o insulto ao desbarato. "Nem desprezo merece" ?. V. é capaz de bastante melhor do que este bocejo boçal à João Jardim. Luís da Silveira

Rui Borges disse...

Sr. Pedro M, o seu a seu dono...
Quanto a um link que nos facultou é favor dirigir-se aqui:

http://mautemponocanil.blogspot.com/2006/02/liberdade-vs-responsabilidade.html

Anónimo disse...

Hi Vasco!

This guy Freitas doesn't surprise me! He has been known amongst us for his famous "somersaults". I'd say Freitas a.k.a. "o foge-foge".
Have a sunny day!
Frank.

Mª Lurdes Delgado disse...

Eu peço desculpa de puxar dos meus galões da Filologia Românica, posta em sossego há mais de 30 anos, mas os advérbios de modo terminados em mente eram acentuados, com um vulgarmente chamado acento secundário, até um Acordo Luso-Brasileiro assinado, se nâo me falha a memória em 1971. Ora o dr.Vasco é de outro tempo e eu só me reciclei, porque, à época, frequentava o 3º ano de um curso virado para estas chinesices.
Quando juntei os trapinhos, como o meu parceiro era de Engenharia, lá tive a minha oportunidade de brilhar.
Só agora reparei que o comment tem assinatura, por isso o meu dirige-se cordial e polidamente a Zacarias Torcato

Anónimo disse...

Como é que alguém que escreveu tanto para a "Visão", parece ter tão pouca visão.

Falar de simbolos quando a religião que o sr freitas professa usa um símbolo de tortura para se representar.

Enfim...
Que sorte que no mesmo dia houve uma OPA e o comunicado ficou perdido no meio do noticiário...

Será que os seus assesores tiveram opinião na matéria? Ou será que isto é uma "cruzada" unipessoal do sr. ministro, que o sr. primeiro-ministro agora tem que dizer que aceita...

Como boa hierarquia religiosa, em que os "cardeais" nunca actuam sem a benção papal?

dTb disse...

Se Freitas fez bem ao mal é aos comentadeiros de serviço como VPV que cabe opinar sobre tal. Mas uma coisa eu não posso deixar passar em claro: Não se confunda liberdade de expressão com falta de educação e pelos principios que regem a sociedade Europeia. E nisso estou inteiramente de acordo com Freitas e em desacordo consigo portanto. Tanto mais que cola Freitas a Salazar, o que você esquece de dizer é que freitas teve um importante papel no pós 25 de Abril pois a sua presença equilibrou a balança entre uma democracia progressista e uma democracia extremista, radical e certamente que vossa excelencia não gostaria de viver na ditadura versão comunista.

J Neves disse...

Então agora como é...vai o governo revogar todas as medidas que originaram manifestações de rua?
Vejam lá...pode acontecer uma guerra civil...

SFA disse...

Caro VPV,

acho que Freitas está igual a ele proprio. Beato, caduco e senil. Adjectivos que o perseguem desde 86.

Apontar o dedo à Dinamarca e à sua noção de Estado e democracia é no minimo curioso.

Assim como a defesa que um conjunto de radicais, que em nada representam o povo islâmico (e até a propria noção de islamismo.

Mas o chocante nem é a posição de Freitas (essa até é normal). O que choca é este novo sentido beatificado de Socrates.

De facto os portugueses têm o que merecem. Lamento é ter que pagar pelos erros dos outros.

shark disse...

Somos pequeninos, a nossa diplomacia sempre foi subserviente. Enfim, é o país que temos...

O não anónimo disse...

Bom… A coisa está feita (publicação das caricaturas). Haja pragmatismo! Deve-se evitar dar
“munições” para alimentar os “carregadores” dos “oradores-dos-infernos” (fundamentalistas)!
Pois bem, com esta linha de ideia – liberdade de expressão, e mai nada! – o ocidente está a dar um belo de um ”tiro no pé”! Por vezes os fins justificam os meios (questão de sobrevivência). Que os governos ocidentais se revoltem contra as caricaturas de forma enérgica, não deve ser o caminho, mas, dar um “toque” no obro do editores dos ditos jornais, não vejo porque não. Apenas vejo uma medida inteligente para acabar com o “motivo”, desarmando os Maometanos, deixando-os desconcertados.
Se simultaneamente houver um pedido de desculpa (não necessário), então, os lambe-corão, ficariam sem assunto! O Ocidente a rir por último isso sim!

O não anónimo disse...

Transformar uma adversidade em vantagem - é o lema do meu post anterior.

文章 disse...

AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,性愛,AV女優,美女,成人圖片區,080苗栗人聊天室