sexta-feira, fevereiro 17, 2006

INVISÍVEL


Não sei onde andam os entusiastas da democracia-cristã que tanto rejubilaram com a eleição de Ribeiro e Castro para a presidência do CDS. No CDS não andam. Ou, se andam, não se dá por isso: o partido entrou na clandestinidade onde se arrasta penosamente perante a indiferença geral. Este súbito desaparecimento não causa sequer estranheza. Reduzido à sua total insignificância, o CDS deixou de merecer o benefício da dúvida ou o incómodo de uma crítica. No último congresso, quando se despediu de Paulo Portas, o partido ia deixar de ser “populista” e recuperar, com as luminárias do costume, a “respeitabilidade” perdida. Dez meses depois é o que se vê. Ou melhor, o que não se vê. Este novo CDS, moderado e centrista, tem a triste particularidade de ser...invisível.
ccs

24 comentários:

LA disse...

Faz tanta falta o queijo limiano...

cbs disse...

gente decente, como Ribeiro e Castro, vende mal, muito mal...

preciso é espectáculo e estórias de heróis.

Anónimo disse...

A travessia do deserto é longa e penosa. Andam por lá. Mas o seu chefe, entre Lisboa e Bruxelas, é mais loquaz que o nosso PM e assumiu-se, muito claramente, no caso dos cartoons. Honra lhe seja.

MPS disse...

Mas porque é que a invisibilidade dos políticos é triste?

O que eu não daria por uma Valentim Loureiro discreto, por uma Odete Santos modesta, ou mesmo por uma Manuela Ferreira Leite invisível!

O próprio Sócrates se não gritasse quando discursa teria vantagens. Passe o despropósito desta última observação - tratar-se-ia, neste caso, não de invisibilidade mas de inaudibilidade...

Anónimo disse...

A avaliar pelos poucos comentários a este post,não há quem sinta a falta de centristas cheios de vigor e capazes de uma oposição credível. Eu sinto a falta do picante que Paulo Portas dava ao debate político e espero que quando ele se decidir a ressuscitar dos mortos a vida política da direita anime. Aliás, para falar verdade, não acredito que PPortas esteja apenas a preparar-se para o programa que, segundo ouvi, fará na SIC. Ele, que não vive sem agitação e intriga, deve estar a preparar alguma.

Sílvia disse...

Por cá, dizem que todos eles estão a branquear os dentes para os próximos combates. Adivinhem...

unreconstructed disse...

Se a direita, no fundo, não gosta de partidos, porque é que - sobretudo agora, que elegeu o seu chefe para Presidente da República - se há-de preocupar com a sorte do pequeno partido que é suposto constituir a direita da direita? (Compare com a sorte do PCP e analise).

dTb disse...

O que o cds precisa é de um estratega que saiba quais os temas chave, que ideia lançar a debate, preparar inovar chamar gente nova em vez dakele tanso da juventude popular o betinho do restelo

Anónimo disse...

Tanta mentira paira por estas opiniões. Andam aborrecidos? No fun? Com este PM Sócrates megalómano ainda vamos ter muito divertimento.

Eu sempre me perguntei, porque é que a esquerda é tão insegura e nervosa, enquanto os outros não estiverem de acordo com a vossa moral.

Mas que moral?
CSS, já anda com um cartoon no seu T-Shirt? Ou não tem coragem? Eu sou capaz de apostar, que V. Exa não a tem, a dita coragem.

A falta de espinha dorsal.

Venho lembrar, que este megalómano está a trair muitos dos direitos adquiridos pela tão querida esquerda. Uma esquerda, que só sabe abrir as mãos aos sacos do Estado. Mas, quando é para lutar a valer para os direitos humanos universais (Kant), ficam em casa, cheio de medo.

Anónimo disse...

Lendo o anónimo das 9 e 32 percebe-se melhor o que é a direita populista que deixou o CDS-PP no tal congresso em que Portas se afastou.Faz alguma falta?

Mª Lurdes Delgado disse...

A Drª Constança Cunha e Sá estará com saudades do frenesim do dr. Paulo Portas? Daquela declaração, penso eu, feita em nome do Governo de que N Srª de Fátima nos tinha salvo do crude do Prestige? Do vigor com que falava dos espoliados do Ultramar? Da defesa intransigente das reformas dos ex-combatentes, também do Ultramar? Do fato com a risca copiado de um modelo do Salazar?
Pelo menos o dr. Ribeiro e Castro sempre é mais sóbrio. Julgo eu que só desencantou aquela do terrorismo ter sido inventado pela esquerda. Tal como o anti-tabagismo.

Mª Lurdes Delgado disse...

Desculpem voltar, mas enquanto escrevia, alguém perguntava pela coragem de exibir uma T-Shirt com um cartoon? Coragem?! A T-Shirt na Europa é coragem? Eu chamaria crise da adolescência.

Cofee Anão disse...

Este blog é uma merda!

ccs e comentários tudo mesmo foleiro!

ccs disse...

espero sinceramente que o anónimo das 9.32 não tenha nada a ver com a direita populista de Pportas.

Anónimo disse...

Se calhar este é o verdadeiro CDS, porque no fundo a democracia-cristã é uma coisa aborrecida. Sem o neurótico, e sem o outro espertalhão, finalmente o CDS perdeu o PP.

Anónimo disse...

Têm todos razão quando dizem que o CDS se escondeu e o líder é invisível, mas se formos ver, a conversa do PCP é a mesma à 30 anos e quando não se tem nada de novo a dizer mais vale ficar calado.

SATANUCHO disse...

O CDS/PP ou lá o que é só representa a direita católica praticante, o que é estranho , o que é que SER de direita tem a ver com a igreja católica????

Para quando um partido de direita laico????

Estamos à espera, e somos muitos...

Admirador Público disse...

O queijo limiano está com Castro e o pessoal da sacristia. Isto assim não vai lá, tem toda a razão a Constança, que ainda por cima é uma brasa, para além de inteligente. Adoro lê-la na Atlântico e na Sábado, querida senhora.

Mário Figueiredo disse...

Conta comigo Satanucho

sniper disse...

Este post é outro apelo à algazarra política, melhor ao bazar da política. Bazares, só para fazer compras, e onde eles são genuínos, no médio oriente e em áfrica.

Anti-critico do Freitas! disse...

O CBS fala bem!

Moderação não vende.

Queremos espectáculo.

Peixeirada.

Radicalismos...

Anónimo disse...

isto é discurso jornalistico no seu pior, com recados e superficialidade. uma especialidade de ccs para abrir caminho ao portas

Guy MP disse...

No fundo os portugueses querem é delicias do mar politicas, nem direita nem esquerda só mesmo farinha de peixe. Daí o sucesso do PS e PSD que são os melhores produtos liofilizados que esta democracia gerou. Quanto ao CDS enquanto não ajustar o seu discurso não vai lá. Nao deixa de ser simbólico o lider continuar eurodeputado...

SATANUCHO disse...

o problema é que passados 32 anos a direita ainda não saiu do armario, e a malta de direita, aquela direta a que eu chamo verdadeira, não quer ter nada a ver com este esquema de partidos, não se revê nele e quer é trabalhar a sério , tem nojo deste sistema politico e a maioria nem sequer vota, não nos sentimos representados e se calhar nem o queremos ser..... pensem nisto..